Brasil Econômico

gabriel mario rodrigues
Divulgação
Professor Gabriel Mario Rodrigues, fundador da Anhembi Morumbi e histórico nome do ensino superior brasileiro, faleceu no último sábado

Mais uma grande referência nacional que nos deixa. A certeza que fica, no entanto, é de uma vida de sucesso e grandes feitos. O querido professor Gabriel Mario Rodrigues , grande mestre da educação brasileira, partiu para outro plano. A lacuna que ele deixa só é preenchida por seu vasto legado, não só de empreendimentos, mas, principalmente, de ensinamentos. Um homem que dedicou a vida a desenvolver a educação em um país que dela tanto carece.

Gabriel Mario Rodrigues foi, e ainda é, grande inspiração para mim e para quem atua no setor de ensino no Brasil. Empreendedor educacional de trajetória visionária, fundou a Universidade Anhembi Morumbi e foi um dos responsáveis pelo crescimento do Ensino Superior no país. Pioneiro, criou o primeiro curso de Turismo do Brasil, em 1971. Ele verdadeiramente viveu o que muitos tanto falam: a inovação posta em prática, a visão de futuro alicerçada no presente. Tinha uma mente inquieta e sempre à frente de seu tempo.

A vida de Gabriel Rodrigues nos ensina que devemos estar sempre inconformados, buscando o novo, o melhor. Só assim é possível construir grandes coisas e fazer de fato a diferença na sociedade em que estamos inseridos. O verdadeiro empreendedor é aquele atento aos problemas e às dores que o cercam, e que trabalha com dedicação para propor soluções, de forma criativa e inovadora. Mostra-nos, também, o poder e o valor da educação como ferramenta de transformação social . Por meio de seus investimentos e esforços no setor, um sem-número de vidas foram mudadas, impulsionadas e melhoradas.

Entre tantos outros cargos de destaque, o professor Gabriel foi presidente, entre 2004 e 2016, da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), com um mandato que transformou a entidade em órgão forte e articulado e com atuação política mais consistente dentro do cenário educacional. Era um conciliador nato e tinha a habilidade de convencer. Com ele, o Ensino Superior privado ganhou força e relevância no país, e, com isso, mais possibilidades de realizar transformações na educação. Todo o setor tem muito a agradecê-lo.

Para nós, que ficamos, cabe o dever de manter viva a memória do professor Gabriel e levar adiante seus ensinamentos, fazendo desenvolver ainda mais a educação brasileira. Ficam também as lições de empreendedorismo e de vida, tão fortes em sua trajetória. Deixa saudade, mas também um legado que se perpetuará por meio de suas realizações. Muito obrigado, Gabriel Mario Rodrigues!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários