Brasil Econômico

Dólar
Luciano Rocha
Dólar sobe atinge R$ 5,353

O dólar voltou a subir nesta terça-feira (5), devido à, entre outros fatores, apreensão nos mercados globais decorrente de medidas de isolamento social mais rígidas na Europa , além dos desdobramentos das eleições legislativas na Geórgia, nos Estados Unidos. 

A moeda norte-americana alcançou uma máxima de R$ 5,353 no dia, enquanto sua mínima foi de R$ 5,274. No dia anterior, em forte alta, o dólar iniciou o ano de 2021 com um crescimento forte de 1,57%, fechando o dia em R$ 5,268

Os temores por causa das notícias internacionais afetam, também, a Bolsa de Valores brasileira. O Ibovespa , principal índice da B3, chegou a recuar 1,01%, aos 117.658 pontos. Na véspera, a bolsa também fechou com queda, mas de 0,14%, aos 118.854 pontos.

Os investidores, agora, estão de olho no estado da Geórgia, no sul dos EUA , que, nesta terça-feira, define os dois Senadores que representarão o estado de Washington. Essa votação é importante para definir qual partido terá a maioria dos representantes na casa. Dos 98 senadores eleitos, 50 são republicanos e 48 democratas.

Caso os dois candidatos do democrata Joe Biden vençam, o partido terá 50 cadeiras e a vice-presidente eleita, Kamala Harris, atuará como o voto de minerva nas decisões facilitando a governabilidade do novo presidente.

Já na Europa, o Reino Unido inicia hoje a terceira fase de lockdown após a disparada de casos de Covid-19. O primeiro-ministro Boris Johnson, em pronunciamento divulgado nas redes sociais, afirmou que “com quase todo o país já sob medidas extremas, é claro que precisamos fazer mais, juntos, para trazer essa nova variante sob controle enquanto nossas vacinas são lançadas”.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários