Agência Brasil

Covid
Reprodução/iG Minas Gerais
Prefeitura pretende aumentar o número de leitos de UTI e comprar testes para Covid-19

O governo do Estado do Rio de Janeiro  aprovou a liberação de R$ 66 milhões para a saúde do município do Rio de Janeiro como incentivo ao combate à pandemia do coronavírus. A medida foi tomada nessa quarta-feira (23), em atendimento a pedido do prefeito em exercício, Jorge Felippe, em reunião com o secretário de Estado de Saúde, Carlos Alberto Chaves.

Para o enfrentamento à covid-19 no estado, a Secretaria de Estado de Saúde reforçou o pacote de medidas. Desde novembro, ampliou a rede dedicada ao tratamento da doença em 810 leitos , sendo 349 de UTI adulto e 461 de enfermaria nas unidades estaduais e a partir de incentivos do estado. A secretaria anuncia ainda a abertura de 300 leitos no Hospital Modular de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A previsão é que, até o fim de janeiro, sejam disponibilizados 150 leitos, sendo 100 de UTI e 50 de enfermaria.

Para garantir a legalidade de todo o processo de abertura da unidade, todos os ritos jurídicos necessários estão sendo seguidos e acompanhados pelos órgãos de controle. A ampliação gradativa visa evitar colapso na rede de saúde do estado e possíveis falhas nos procedimentos, que possam levar a fraudes e desvios. 

Além disso, a Secretaria abriu mais um centro de testagem precoce por RT-PCR para covid-19 na UPA Campo Grande II. O agendamento para esta unidade também é feito pelo aplicativo Dados do Bem.

A iniciativa faz parte do programa de testagem para diagnóstico de covid-19 iniciado no dia 4 deste mês, quando três centros foram abertos em São Gonçalo e Volta Redonda. Cada unidade tem capacidade de 500 exames por dia. Até esta terça-feira, já foram realizados 12.588 exames nesses centros.

A oferta de testes RT-PCR pelas secretarias municipais de saúde em parceria com a SES está aumentando desde outubro. Foram realizados 92.925 exames apenas em novembro, um aumento de 74% em relação ao mês anterior.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários