Brasil Econômico

Dólar
O Dia
Dólar volta a subir e fecha em R% 5,123

O dólar comercial fechou esta segunda-feira (21) em alta de 0,78%, cotado em R$ 5,123 . Durante o dia, a moeda chegou a subir mais de 2%, porém desacelerou. O preço do dólar comercial não equivale ao vendido em corretoras de câmbio, nas quais o valor é mais alto.

Na última sexta-feira (18), a moeda norte americana fechou a semana valendo R$ 5,083 na venda, com alta de 0,08%.

Essa alta é decorrente de uma má reação dos mercados perante uma nova variante mais contagiosa do coronavírus . As notícias decorrentes deste fato só pioram a situação, como o anúncio de um novo lockdown no Reino Unido e com alguns países fechando suas fronteiras para voos vindos de território britânico. 

Entretanto, analistas ainda apostam no avanço das vacinas , sem contar os resultados de teste de estresse no setor bancário, realizados pelo Federal Reserve (banco central americano).

"As precauções necessárias para avaliar o dano potencial da nova cepa de covid-19 sem dúvida introduzirão riscos adicionais aos mercados, que esperavam um retorno tranquilo à vida normal após o lançamento da vacina", disse James McDonald, CEO e diretor de investimentos da Hercules Investments em Los Angeles à Reuters. 

A fim de conter o aumento do dólar, que iniciou o dia em cerca de 2%, o Banco Central vendeu todos os 16 mil contratos ofertados, num valor de US$ 800 milhões.

Há também uma expectativa positiva sobre o pacote de ajuda dos Estados Unidos. Ainda hoje, o Congresso dos Estados Unidos deve votar um novo plano para apoiar famílias e empresas atingidas pela pandemia do novo coronavírus. 

O pacote deve ter um montante total de cerca de US$ 900 bilhões e substituirá o plano de US$ 2,2 trilhões aprovado com urgência no final de março.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários