Brasil Econômico

agência da caixa
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Caixa deposita auxílio pela última vez a 6,6 milhões neste domingo (20)

Neste domingo (20), 6,6 milhões de trabalhadores nascidos em julho e agosto terão o depósito da  última parcela do auxílio emergencial . Esses pagamentos fazem parte do Ciclo 6 — o último previsto. O dinheiro será depositado pela Caixa Econômica Federal em contas poupanças sociais digitais.

Para os nascidos em julho, o saque do auxílio somente estará liberado a partir de 15 de janeiro. Os que fazem aniversário em agosto poderão fazer a retirada no dia 18 do mês que vem. Até lá, os recursos poderão ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem .

Com o app, é possível pagar contas (como as de água, luz, telefone e gás) e compras feitas em lojas farmácias e supermercados (via cartão de débito gerado na hora ou QR Code, aproximando o celular da maquininha do estabelecimento comercial).

O calendário do Ciclo 6 encerrará os pagamentos previstos de auxílio emergencial. Segundo o governo federal, no momento não há previsão de prorrogação do benefício.

Os depósitos do último cronograma começaram no domingo passado (13), para os nascidos em janeiro e fevereiro, e vão até 29 de dezembro, para os aniversariantes de dezembro. Os saques serão permitidos de 19 de dezembro a 27 de janeiro, de acordo com o mês de nascimento.

Quantas parcelas do auxílio você tem direito?

  • Recebeu a primeira parcela em abril: 9 parcelas, cinco de R$ 600 e quatro de R$ 300;
  • Recebeu pela primeira vez em maio: 8 parcelas, cinco de R$ 600 e três de R$ 300;
  • Começou a receber em junho: 7 parcelas, cinco de R$ 600 e duas de R$ 300;
  • Primeira parcela em julho: 6 parcelas, sendo apenas a última, que começa neste domingo, de R$ 300;
  • Recebeu a última parcela de R$ 600 em agosto: terá direito a quatro parcelas de R$ 300;
  • Recebeu a última de R$ 600 em setembro: três de R$ 300;
  • Último pagamento de R$ 600 em outubro: duas de R$ 300; e
  • Último pagamento, em novembro, foi de R$ 600: apenas a última será de R$ 300.

Pagamentos são divididos em depósitos e saques

Assim como nas parcelas anteriores, os pagamentos do auxílio emergencial para quem não faz parte do  Bolsa Família  são divididos em depósitos e liberações de saques e transferências. Ou seja, o beneficiário recebe o dinheiro na conta digital e, por um período, só pode usá-lo pelo aplicativo Caixa Tem, até que tenha a liberação para sacar no segundo calendário.

Confira os calendários do Ciclo 6

Depósitos:

  • 13 de dezembro: nascidos em janeiro;
  • 13 de dezembro: nascidos em fevereiro;
  • 14 de dezembro: nascidos em março;
  • 16 de dezembro: nascidos em abril;
  • 17 de dezembro: nascidos em maio;
  • 18 de dezembro: nascidos em junho;
  • 20 de dezembro: nascidos em julho;
  • 20 de dezembro: nascidos em agosto;
  • 21 de dezembro: nascidos em setembro;
  • 23 de dezembro: nascidos em outubro;
  • 28 de dezembro: nascidos em novembro; e
  • 29 de dezembro: nascidos em dezembro.

Saques e transferências:

  • 19 de dezembro: nascidos em janeiro;
  • 19 de dezembro: nascidos em fevereiro;
  • 4 de janeiro de 2021: nascidos em março;
  • 6 de janeiro de 2021: nascidos em abril;
  • 11 de janeiro de 2021: nascidos em maio;
  • 13 de janeiro de 2021: nascidos em junho;
  • 15 de janeiro de 2021: nascidos em julho;
  • 18 de janeiro de 2021: nascidos em agosto;
  • 20 de janeiro de 2021: nascidos em setembro;
  • 22 de janeiro de 2021: nascidos em outubro;
  • 25 de janeiro de 2021: nascidos em novembro; e
  • 27 de janeiro de 2021: nascidos em dezembro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários