Brasil Econômico

Bitcoin atinge nova máxima histórica nesta segunda (30)
Gino Matos
Bitcoin atinge nova máxima histórica nesta segunda (30)

A moeda virtual bitcoin saltou nesta segunda-feira (30) para um novo recorde histórico. Atingiu a cotação de US$ 19.864 (alta de 9,2%), no melhor momento do dia até o momento, segundo a Reuters.



O recorde anterior da criptomoeda era de US$ 19.666, alcançado em dezembro de 2017. Bitcoin  acumula, em 2020, valorização de mais de 170%.

Como funcionam as criptomoedas?

Apesar de ser considerado por muitos como o futuro por apresentar facilidade e segurança, o criptomercado ainda é muito questionado

As criptomoedas existem desde 2009 quando o Bitcoin foi criado pelo pseudônimo Satoshi Nakamoto, mas ainda geram muitas dúvidas. Por ter um formato inovador, o mercado sofre com desconfianças de quem não entende como funcionam as criptomoedas.

Diferente das moedas tradicionais, controladas pelo Banco Central, as criptomoedas são moedas virtuais descentralizadas que não possuem uma regulamentação específica. Entender como funcionam as criptomoedas pode ser ainda mais difícil devido a grande volatilidade que sofrem - picos de valorização podem ser seguidos de desvalorização e isso pode acontecer em poucos dias.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários