Brasil Econômico

 Maradona
Reprodução/Twitter
Maradona foi um dos maiores jogadores da história do futebol mundial

Na tarde desta quarta-feira (25), não só o futebol , mas o planeta perdeu um de seus maiores personagens. Definida pelo jornal Clarín, da Argentina, como “a sentença que foi escrita várias vezes mas que foi driblada pelo destino”, a triste hipótese se tornou realidade: faleceu Diego Armando Maradona . Sua herança simbólica e cultural é enorme, mas sua herança de fato é uma história mais complicada.

Quando se pensa em astros de futebol, é normal imaginar uma vida regada de fortunas , de muito luxo. Entretanto, se engana quem pensa que a vida de Don Diego foi assim por muito tempo. 

De família humilde, o ex-jogador teve uma vida financeira complicada. Claro que suas glórias no futebol o remuneraram, porém, nos anos 80, onde atingiu seu ápice como jogador, os salários eram muito mais magros que as fortunas milionárias que os atletas recebem hoje.

Depois do fim de sua carreira de jogador de futebol, usando a sua imagem, Maradona conseguiu mais dinheiro do que como atleta. Entretanto, diversos casos fizeram o ídolo argentino passar por apertos, chegando a afirmar, em 2005, que ficou “sem um peso”, culpando seu ex-representante, Guillermo Coppola.

Alguns anos depois, problemas judiciais atrapalharam as finanças da lenda do futebol. A justiça italiana cobrou R$ 95 milhões de impostos não pagos na época em que Maradona defendeu o Napoli. Ele chegou a inclusive ter alguns de seus bens, como brincos e relógios, confiscados durante visitas ao país, como forma de negociar a dívida. 

Além disso, o ex-jogador admitiu ter problemas de vício em cocaína , o que deve ter tido grande participação na dificuldade de gerenciar o seu dinheiro. 

Dessa forma, com um patrimônio de tamanho desconhecido, a fortuna de Diego Maradona é proveniente de seus ganhos após sua aposentadoria , como o uso de sua imagem e seus empregos posteriores como treinador de futebol.

Em sua carreira de técnico, o argentino conseguiu juntar um bom dinheiro, especialmente nos seus trabalhos nos Emirados Árabes .

Entre 2011 e 2012, ele treinou o Al-Wasl , onde ganhou um Rolls-Royce Ghost, avaliado em pelo menos R$ 4 milhões e uma BMW i8, que vale pelo menos R$ 780 mil. 

Ainda nos Emirados Árabes, mas comandando o Al-Fujairah , ele recebia um salário de cerca de R$ 1 milhão por mês, mas tinha todas as despesas pagas, inclusive o aluguel de uma mansão na praia.

Maradona ainda ganhou, como treinador , um anel de brilhantes avaliado em quase R$ 1,4 milhão de reais.

Como se não bastasse a fortuna adquirida como treinador, Don Diego só aparecia em eventos caso recebesse cachê .

Na Copa do Mundo de 2018, realizada na Rússia, comentava os jogos em uma rede de televisão, recebendo US$ 1,5 milhão. Na Copa do Mundo do Brasil em 2014 e na Copa América do Chile em 2015, Maradona recebeu US$ 3 milhões para entrar na TV. 

Até o momento de sua morte, Diego Maradona era técnico do Gimnasia y Esgrima La Plata , com contrato até o fim de 2021.

O ídolo argentino também recebia dinheiro por meio de um contrato com a fornecedora de materiais esportivos Puma , que também patrocinou Pelé .


    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários