Auxílio
Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Dois grupos recebem o valor do auxílio nesta quarta-feira; confira

Nesta quarta-feira (dia 25), 3,5 milhões de trabalhadores nascidos em março vão receber o depósito de mais uma parcela do  auxílio emergencial da Caixa Econômica Federal. Os saques e as transferências bancárias, no entanto, somente estarão liberados para este grupo no dia 4 de janeiro. Por enquanto, o dinheiro poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem.

Essas pessoas ainda vão receber uma parcela de R$ 600 (aqueles que começaram a receber o auxílio emergencial em julho, por exemplo, ou tiveram o pagamento suspenso em algum momento e depois liberado) ou uma cota da extensão de R$ 300 (como os que receberam o primeiro benefício em abril, maio ou junho). Tudo vai depender de quando começaram a receber o pagamento da Caixa Econômica Federal.

Esses trabalhadores são informais, autônomos, desempregados sem seguro-desemprego, microempreendedores individuais (MEIs) e inscritos no Cadastro Único sem direito a Bolsa Família. Eles se inscreveram pelo aplicativo Caixa / Auxílio Emergencial , pelo site da Caixa e pelos Correios.

Bolsa Família

Ainda nesta quarta-feira, 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com Número de Identificação Social (NIS) de final 7 vão sacar o auxílio emergencial extensão, de R$ 300.

Até o dia 30 de novembro, um grupo será contemplado a cada dia, até chegar àqueles beneficiários com NIS de final 0. O saque poderá ser feito com o cartão original do programa social, numa agência da Caixa , numa casa lotérica ou num correspondente Caixa Aqui.

Calendário do programa social

Quem está inscrito no programa social receberá o pagamento conforme o cronograma:

  • 17 de novembro - NIS de final 1
  • 18 de novembro - NIS de final 2
  • 19 de novembro - NIS de final 3
  • 20 de novembro - NIS de final 4
  • 23 de novembro - NIS de final 5
  • 24 de novembro - NIS de final 6
  • 25 de novembro - NIS de final 7
  • 26 de novembro - NIS de final 8
  • 27 de novembro - NIS de final 9
  • 30 de novembro - NIS de final 0

Contestação de benefício cancelado

Os inscritos no Bolsa Família que vinham recebendo a extensão de R$ 300, mas tiveram o último pagamento cancelado, já podem apresentar uma contestação à decisão do governo de cortar o pagamento.

O prazo de reclamação, que começou a contar no domingo (dia 22), vai até 2 de dezembro. Todas os pedidos deverão ser feitos pelo site da Dataprev.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários