Tecnoblog

undefined
[object Object]
Leilão da Receita Federal tem celulares da Xiaomi a partir de R$ 250

A Receita Federal está realizando um leilão com 233 lotes na zona Norte (2ª Região Fiscal): ele se destaca pela quantidade de celulares da Xiaomi, incluindo o Mi A3, Redmi Note 8, Redmi Note 9 e Mi 9 Lite; os lances começam em apenas R$ 250. Há também uma série de iPhones e alguns modelos Samsung Galaxy.

Receita faz leilão com Apple e celulares Xiaomi

O lote 37 conta com um Redmi Note 8 e um smartwatch IWO 8 Plus; seu lance mínimo é de R$ 250. Por sua vez, o lote 59 possui o Redmi Note 8, também pelo preço inicial de R$ 250. Também chama a atenção o lote 39, que reúne um Redmi Note 8, um Mi A3 e uma pulseira Mi Band 4 começando em R$ 350.

Há lotes que misturam celulares da Xiaomi com o iPhone 11 e 11 Pro. Outros trazem apenas smartphones da Apple e, por isso, têm lance inicial maior: o conjunto com iPhone 7 Plus, 8 Plus e XS Max começa em R$ 4.800; enquanto o lote com iPhone 11 e 11 Pro Max sai a partir de R$ 22.500.

Lote Produto(s) Lance mínimo
36 Xiaomi Mi 9 Lite, Mi A3, Mi Earbuds Basic, mais itens diversos R$ 850
37 Redmi Note 8, smartwatch IWO 8 Plus R$ 250
38 Redmi Note 8T, Samsung Galaxy A20S, 2 smartwatches IWO, mais itens diversos R$ 1.650
39 Redmi Note 8, Mi A3, Mi Band 4, mais itens diversos R$ 350
41 2 unidades do Redmi Note 8, 11 telas de iPhone, 5 relógios de bolso, mais itens diversos R$ 2.200
42 3 unidades do Xiaomi Mi A3, Redmi Note 8, microscópio portátil, películas protetoras R$ 1.450
48 iPhone 11, iPhone 11 Pro, Redmi Note 8, mais itens diversos R$ 2.780
49 Redmi Note 8, Redmi Note 8T, Mi 9 Lite, Mi Box S, Amazfit Pace R$ 1.250
50 2 unidades do Redmi Note 8 R$ 750
51 Redmi 8, Mi 9 Lite, 4 cartuchos de tinta Epson R$ 750
57 5 unidades do Redmi Note 8, 4 receptores de satélite, localizador de satélite R$ 2.800
59 Redmi Note 8 R$ 250
61 7 unidades do iPhone 11 Pro Max, 6 iPhone 11, iPhone 8 Plus R$ 22.500
109 8 unidades do iPhone 7 Plus, 4 iPhone 8 Plus, 4 iPhone XS Max R$ 4.800
177 2 unidades do Redmi Note 8, 2 Mi A3 R$ 2.250
179 2 unidades do Redmi Note 9, Galaxy S7 Edge, caiaque (!) R$ 1.980
204 2 unidades do Mi A3 R$ 1.100

O edital do leilão lembra que “é de responsabilidade do arrematante o cumprimento de eventuais exigências da Anatel”. Os itens não sofrem incidência de tributos federais, mas há incidência de ICMS sobre o valor da arrematação.

Este leilão receberá lances até 1º de dezembro de 2020. As mercadorias apreendidas estão espalhadas em diferentes estados: Manaus (AM); Belém, Santarém, Óbidos e Barcarena (PA); Rio Branco e Epitaciolândia (AC); Macapá e Oiapoque (AP); Boa Vista, Pacaraima e Bonfim (RR); Porto Velho, Guajará Mirim e Vilhena (RO).

Todos os lotes estão disponíveis para pessoas jurídicas, mas só alguns liberam acesso de pessoas físicas; confira todos os detalhes no site da Receita Federal .

Este lote tem lance mínimo de R$ 250 (Imagem: Divulgação/Receita Federal)

Este lote tem lance mínimo de R$ 250 (Imagem: Divulgação/Receita Federal)

Enquanto isso, este lote com iPhone 11 e 11 Pro Max custa a partir de R$ 22.500 (Imagem: Divulgação/Receita Federal)

Enquanto isso, este lote com iPhone 11 e 11 Pro Max custa a partir de R$ 22.500 (Imagem: Divulgação/Receita Federal)

Redmi Note 8 (Imagem: Divulgação/Receita Federal)

Cinco unidades do Redmi Note 8 mais outras traquitanas, a partir de R$ 2.800 (Imagem: Divulgação/Receita Federal)

Leilão da Receita Federal tem celulares da Xiaomi a partir de R$ 250 .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários