Brasil Econômico

Bruno Funchal
Edu Andrade/Ministério da Economia
Bruno Funchal, secretário do Tesouro Nacional

O secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, afirmou, nesta quinta-feira (5) que o Brasil precisa se estruturar para pagar a dívida adquirida pelo governo para pagar o combate à pandemia da covid-19. 

Na última semana, foi divulgada pelo Tesouro, uma projeção de que a dívida bruta do governo geral (DBGG) chegue a 96% do PIB até o fim do ano. Esse valor é muito maior do que o registrado em 2019, quando a dívida atingiu o valor de 75,8 % do PIB. 

Ainda segundo a projeção, a dívida deve ultrapassar a marca dos 100% do PIB no ano de 2025. 

De acordo com Funchal, já existem novas estimativas que apontam que o buraco para este ano chegue a R$ 900 bilhões.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários