Brasil Econômico

GUEDES
Reprodução YouTube/XP Macro Sales
Em videoconferência, ministro da Economia voltou a falar que prioridades políticas afetaram agenda de sua equipe

Em videoconferência da XP Macro Sales, o ministro da Economia, Paulo Guedes,  voltou a dizer que o atraso nas quatro grandes privatizações – prometidas por ele para acontecer em 90 dias – se deu por causa da agenda política.

"Nós precisamos de quatro privatizações. Eu disse que em 90 dias anunciaríamos quatro grandes privatizações. Isso não aconteceu. O que aconteceu? Política ", disse o ministro. As quatro grande vendas de empresas estatais seriam dos  Correios, da Eletrobras, PPSA e Porto de Santos.

"O  tempo das reformas depende da política, mas temos que estar sempre propondo", expressou Paulo Guedes. O ministro usou a mesma expressão ao falar do desenho do  Renda Brasil no começo do mês, seu projeto que é um pacote de programas sociais que deve substituir o Bolsa Família.

Na fala do início de outubro, Guedes dizia que o Renda Brasil ficaria para depois das eleições, sendo esse o "tempo da política".

Guedes também mostrou apoio à agenda dado pelo Congresso, em tom de harmonia. "O Congresso ajudou muito", afirmou o ministro na transmissão.

    Veja Também

      Mostrar mais