Brasil Econômico

São Paulo
Agência Brasil/Rovena Rosa
São Paulo deve flexibilizar medidas de distanciamento social

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), apresentou na tarde desta sexta-feira (18) dados que justificam o ingresso da capital paulista na fase verde, a penúltima etapa de flexibilização do Plano São Paulo . De acordo com Covas, "desde o final de maio há uma redução na quantidade de internações e tendência de queda nos óbitos".

Entre as evidências defendidas pela prefeitura, estão o controle no número de casos e queda de mortes por mais de cinco semanas, além do alívio no sistema de saúde. "A expectativa é de que no início de outubro, a cidade possa avançar para a fase verde", afirmou o prefeito.

A fase verde permite critérios menos rígidos e maior lotação de serviços como academias e salões de beleza, além de eventos e atividades culturais que não geram aglomerações. 

    Veja Também

      Mostrar mais