A tirania da minúscula coroa: Covid-19
Reprodução/Youtube
O capítulo traz depoimentos de nomes importantes do cenário brasileiro do rock n'roll

O mais novo capítulo da série "A tirania da minúscula coroa: Covid-19", que foi pensada e nascida na quarentena, conta com grandes nomes do rock brasileiro  e aborda os principais desafios e alternativas encontradas para a música durante a pandemia de coronavírus.


O décimo episódio da série traz depoimentos de músicos renomados, como Andreas Kisser , guitarrista do  SepulturaFelipe Andreoli , baixista do  Angra , Karma e Almah e Alírio Netto, vocalista do  Shaman e Queen Extravaganz .

Ao longo do documentário, os artistas partilham suas próprias experiências no setor e como tiveram que se reinventar para continuar o trabalho. Andreas Kisser, por exemplo, conta que a banda havia acabado de lançar o novo álbum no início de fevereiro, e no mês seguinte partiriam para uma turnê mundial: "Dois dias antes da nossa viagem, tivemos que cancelar tudo. As coisas já estavam complicadas aqui no Brasil e no resto do mundo", comenta.


Já o baixista do Angra, Karma e Almah, Felipe Andreoli, aponta que esse meio sofreu bastante com a pandemia: "todo mundo ficou sem emprego da noite para o dia". O músico contou que aproveitou esse período para compor e produzir novas canções. "As pessoas dessa indústria precisaram se reinventar, buscar outras atividades relacionadas à música, mas que não precisem algomerar pessoas", afirma.

Este capítulo contou com a orientação do jornalista Charley Gima, editor-chefe do Blog FuteRock, que trabalhou em conjunto na construção da narrativa. De acordo com Gima, o mercado de entretenimento e o da música foram muito abalados com toda essa situação. Ele acrescenta que o setor de shows, por exemplo, foi o primeiro a parar e, consequentemente, deve ser um dos últimos a voltar.

Juliano Sartori (diretor de produção) e Ricardo Sartori (diretor de arte) disseram que a proposta do documentário é justamente mostrar a mudança que a pandemia trouxe para a vida desses artistas que, antes, estavam com agendas movimentadas e, do dia para a noite, tiveram que se adaptar ao mundo virtual.

Para muitos deles, o "novo normal" partiu da ideia de se aventurar em lives e streaming de performances. "Esse é um dos capítulos mais ricos em termos de imagem e edição", destacam os Sartoris.

A série completa é gratuita e está disponível no canal do Youtube da Via d'Idea.

    Veja Também

      Mostrar mais