shopping
Rovena Rosa/Agência Brasil
Shoppings e lojas de rua reabertos; setor de eletroeletrônicos lidera com força a retomada da economia, com alta de 585% de fluxo nas lojas de maio para junho

O movimento  de consumidores em  shopping centers caiu 90,78% em maio e 75,94% em junho na comparação com o mesmo mês do ano passado. Também as lojas de rua foram impactadas com queda de 85,26% e 48,55% nos mesmos meses em comparação a 2019.

Esses dados são do mapeamento de fluxo semestral da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), com números da FX Retail Analytics, empresa especializada em monitoramento do varejo.

Na análise anual o fluxo de pessoas no comércio segue caindo, mas na análise mês a mês de 2020 é vista uma melhora no movimento. No mês de junho de 2020, os  shoppings tiveram alta de 126% no fluxo de clientes em comparação com o maio. Nas lojas físicas, o subida foi de 194%.

A pesquisa mostra que o setor das drogarias começou a ter maior frequência de queda em relação ao início da pandemia. Apesar de cair menos do que a maioria das categorias, o recuo chegou a 47% em junho, em comparação com o mesmo período de 2019.

O setor de eletroeletrônicos lidera com força a retomada da economia, com alta de 585% de fluxo nas lojas de maio para junho.

    Veja Também

      Mostrar mais