Brasil Econômico

Segundo a FecomercioSP%2C o ano de 2020 deve apresentar o pior desempenho do comércio varejista de sua história
Rovena Rosa/Agência Brasil
Segundo a FecomercioSP, o ano de 2020 deve apresentar o pior desempenho do comércio varejista de sua história

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou recentemente uma pesquisa do impacto da pandemia nas empresas. De acordo com Instituto, de 1,3 milhão dos negócios que fecharam (temporária ou definitivamente) na primeira quinzena de junho, 522,7 mil (39,4%) encerraram suas atividades por causa da Covid-19 .

Isso mostra que quatro em cada dez empresas fecharam por não suportarem o impacto das medidas adotadas para conter o novo coronavírus (Sars-coV-2).

De acordo com o IBGE, o país tinha cerca de 4 milhões de empresas na primeira quinzena de junho, sendo 2,7 milhões (67,4%) em funcionamento total ou parcial, 610,3 mil (15%) fechadas temporariamente e 716,4 mil (17,6%) encerradas em definitivo.

Do total de empresas em funcionamento, 70% informaram que a pandemia teve impacto negativo, 16,2% declararam que o efeito foi pequeno ou inexistente e 13,6% disseram que o impacto foi positivo.

Os efeitos negativos foram percebidos por 70,1% das empresas de pequeno porte, 66,1% das de médio porte e 69,7% das de grande porte.

"Os dados sinalizam que a Covid-19 impactou mais fortemente segmentos que, para a realização de suas atividades, não podem prescindir do contato pessoal, têm baixa produtividade e são intensivos em trabalho, como os serviços prestados às famílias, onde se incluem atividades como as de bares e restaurantes, e hospedagem; além do setor de construção", afirmou o coordenador da pesquisa, Alessandro Pinheiro. Com informações do Uol .

    Veja Também

      Mostrar mais