agência inss
Agência Brasil
INSS adiou pagamento antecipado de BPC e auxílio-doença por conta das agências fechadas

O presidente Jair Bolsonaro editou decreto autorizando o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a prorrogar, até 31 de outubro, o pagamento antecipado do Benefício de Prestação Continuada (BPC), destinado a pessoas com deficiência carentes, e o auxílio-doença, sem necessidade de perícia médica.

A medida está em vigor desde abril, e a prorrogação visa evitar, segundo nota da Presidência, que milhões de beneficiários fiquem sem assistência durante o período em que as agências do INSS estão sem atendimento presencial.

A nota também afirma que as agências voltam a funcionar a partir de 13 de julho, mas pondera que nem todas estarão aptas para atendimentos.

    Veja Também

      Mostrar mais