Polícia descobriu a localização de 144 foragidos por conta de seus pedidos de auxílio emergencial
Polícia Militar de Minas Gerais
Polícia descobriu a localização de 144 foragidos por conta de seus pedidos de auxílio emergencial

Em Minas Gerais, 144 foragidos da justiça pediram auxílio emergencial. Por conta dos cadastros, eles foram encontrados pela polícia militar do estado, que descobriu a localização dos criminosos pelos dados de endereço nos pedidos de auxílio.

Leia:
Prefeituras de SP gastaram R$ 1 bilhão em empresas sem licitação no combate à Covid-19
Auxílio emergencial: confira quem recebe terceira parcela nesta quinta-feira
Defensodia pública poderá contestar resultado do auxílio emergencial

Segundo a capitã da Polícia Militar de Minas Gerais, Layla Brunella, os 144 presos que estavam foragidos – com mandado de prisão em aberto – são criminosos perigosos, a maioria deles reincidentes na criminalidade. Com a investigação chamada de "Operação Desfalque", eles foram recapturados e entregues à justiça para cumprimento de suas penas.

Para a  operação,  a Diretoria de Inteligência da Polícia Militar e o Ministério Público de Minas Gerais trabalham juntos.

Os criminosos que estavam foragidos foram presos em 19 regiões do estado de Minas Gerais. Na capital, Belo Horizonte, foram feitas 16 prisões. Dos 144 presos, 140 tinham registros de ocorrências na PM e 82 deles tinham passagens por crimes violentos, como: homicídio, roubo, extorsão, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, sequestro ou cárcere privado e estupro de vulnerável.

Onze dos presos têm pelo menos dez passagens pela polícia, sendo que um deles possui 45 passagens por diversos crimes. Na casa de um dos foragidos foi encontrada grande quantidade de drogas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários