Brasil Econômico

App Caixa
Reprodução Youtube Caixa Econômica Federal
Leitura de QR Code em maquininhas de pagamento é lançada pela Caixa para beneficiários do auxílio

Nesta quinta-feira (28), a Caixa Econômica Federal anunciou em coletiva de imprensa o lançamento da leitura de QR code dentro do aplicativo Caixa Tem, que permite aos beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600 movimentar suas contas poupança digitais e fazer pagamentos.

O objetivo é otimizar as compras em lojas físicas durante o período da pandemia de Covid-19. Na hora de pagar a conta em um mercado ou farmácia, será possível apontar o leitor de QR code para o código da maquininha, que debitará o valor da compra automaticamente.

app caixa tem
Reprodução Youtube Caixa Econômica Federal
Passo a passo: entenda como usar o QR code do app Caixa Tem para compras em lojas físicas


Não há limite de número de compras. O QR code vai funcionar como um cartão pré-pago: mesmo que ainda não tenha caído sua parcela do auxílio, se já estiver aprovado, poderá utilizar a leitura do QR code para compras. Quando o valor de R$ 600 ou R$ 1.200 (para mães solos) cair na conta, será debitado o valor da compra feita.

"Exemplo: se eu tivesse o benefício de R$ 600, se eu tivesse feito compras de R$ 150 [antes de receber a parcela do auxílio] e tivesse uma conta, receberia R$ 450. As pessoas receberão, automaticamente, o saldo do seu benefício", explicou o presidente da Caixa, Predro Guimarães.

Segundo Guimarães, todas as empresas de maquininhas de cartão podem aderir à campanha da Caixa. "Todos os adquirentes, sem excessão, podem participar e nós temos a bandeira Elo, que está coordenando".

 Veja:  16 milhões de cadastros seguem em análise do auxílio emergencial

    Veja Também

      Mostrar mais