Brasil Econômico

dolar
-
Dólar bateu recorde nominal nesta quarta (13)

Nesta quarta-feira (13), o dólar comercial fechou em  R$ 5,90 após terceira alta consecutiva. A moeda operou boa parte do dia acima do valor.

O valor representa alta de 0,61% com a venda a R$ 5,901. O dólar bateu pelo segundo dia o recorde nominal – que não considera a inflação – de fechamento desde a criação do Plano Real. No ano, a moeda acumula alta de 47,06%.

O Ibovespa – principal índice da Bolsa brasileira – acompanhou o movimento do dólar e fechou em queda também pelo terceiro dia consecutivo. O recuo hoje foi de 0,13%, a 77.772,20 pontos, menor nível em mais de um mês. O último menor foi em 10 de abril (77.681,94 pontos).

Leia em:  Dólar mantém alta e bate R$ 5,90

Ambiente externo e interno

A recuperação da economia americana pode demorar algum tempo, bem como a do norte geopolítico do mundo (Europa e China). A incerteza quanto ao reaparecimento da Covid-19 nos países é fator que influencia o dólar.

Os mercados estavam animados com a perspectiva de reabertura das atividades na semana passada, mas se confrontaram com a possibilidade de uma nova onda da pandemia.

No âmbito doméstico, o cenário político instável também impacta o dólar. A saída de Sergio Moro do ministério da justiça, repercussões políticas e a relação tensa entre os três poderes têm afetado o câmbio. 

    Veja Também

      Mostrar mais