presidente da caixa e bolsonaro
Reprodução
Ao lado de Bolsonaro, o presidente da Caixa prometeu reduzir os juros do banco "muito em breve"

Ao lado do presidente Jair Bolsonaro, o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou na manhã desta terça-feira (12) que vai anunciar "muito em breve" reduções na taxa de juros do banco público. A promessa foi feita depois de Bolsonaro perguntar se havia alguma boa notícia da Caixa, em transmissão ao vivo no Facebook, na frente do Palácio da Alvorada. O presidente comandaria uma reunião ministerial em seguida.

Leia também: Caixa quer ajuda dos Correios para cadastramento do auxílio emergencial

"Você vai reduzir mais ainda?" - questionou Bolsonaro, destacando em seguida a taxa de juros do cheque especial, que no começo de 2019 era de era 14% e agora está em 2,9%. "E vai baixar mais ainda? Por isso que eu sou o mais novo cliente da Caixa. Vem pra Caixa você também", disse o presidente, repetindo o slogan da instituição financeira e olhando para a câmera.

Bolsonaro disse que Guimarães não anteciparia a nova taxa e fez um comentário sobre o estado da economia em meio à pandemia da Covid-19:

"Apesar de todos os problemas que nós temos, da pandemia, a economia resiste, ainda. Lógico, vamos ter alguma perda, né? Mas estamos fazendo o possível para atender o interesse maior de todos aqui no Brasil", declarou.

De acordo com o relatório Focus, divulgado na segunda-feira pelo Banco Central, a mediana das projeções do mercado para o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2020 voltou a cair, de -3,76% para -4,11%.

    Veja Também

      Mostrar mais