Brasil Econômico

caixa fila
Agência O Globo
Procon notificou a Caixa Econômica Federal por filas e aglomerações em agências devido a liberação do auxílio de R$ 600

O Procon-SP notificou a Caixa Econômica Federal solicitando informações a respeito das filas e aglomerações vistas em agências do banco em todo o país nas últimas semanas por conta da liberação do auxílio emergencial de R$ 600, iniciativa do governo federal.

Leia também: Após reclamações, Caixa atualiza aplicativo que dá acesso ao auxílio emergencial

O Procon cita que a formação de filas nos arredores das agências da Caixa "contraria as recomendações das autoridades neste momento por aumentar o risco de propagação da Covid-19", e cobra uma solução para as aglomerações.

O órgão de defesa do consumidor cobra que a Caixa informe, primeiramente se há um plano de ação traçado para agilizar o atendimento, evitando assim as filas e aglomerações para os beneficiários do auxílio ; e se há uma forma alternativa e mais ágil para integrantes dos grupos de risco de contaminação pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) e aqueles com problemas para acessar os meios digitais, apresentados como solução, mas que não chegam a todos.

Por fim, o Procon busca saber ainda quais são os canais disponíveis para cadastro, movimentação dos valores e resolução de problemas e as medidas que estão sendo adotadas para os constantes relatos de difícil acesso ou lentidão dos meios disponibilizados. Nas redes sociais, uma série de beneficiários se queixa de problemas no app, além de outros que não conseguem receber o benefício, já que a liberação segue "em análise".

Leia também: Excluídos do auxílio de R$ 600, trabalhadores acabam sem ocupação e renda

A Caixa tem até esta segunda-feira (11) para responder ao Procon.

    Veja Também

      Mostrar mais