Marcelo Álvaro Antônio%2C ministro do Turismo
Anderson Riedel/PR
Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo

O ministro do Turismo , Marcelo Álvaro Antônio, anunciou nesta sexta-feira (8) um crédito provisório suplementar de R$ 5 bilhões para o incrementar o Fugentur (Fundo Geral do Turismo) e ajudar a empresas prestadoras de serviços do setor e guias turísticos a passarem pela pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

O crédito foi aprovado por meio da Medida Provisória 963 e anunciado pelo chefe da pasta em entrevista coletiva no Palácio do Planalto. "Empresas prestadoras de serviços de turismo bem como os guias turísticos não estavam tendo acesso ao crédito e essa MP vem exatamente para corrigir essa distorção e fazer as empresas possam ter acesso efetivo a esses créditos", disse o ministro.

Leia também: Auxílio emergencial: Cerca de 20 milhões sem conta já resgataram os R$ 600

A MP determina que 80% desse valor seja entregue a micro, pequenas e médias empresas. Os outros 20% serão dispobibilizados para as grandes empresas, respeitando a divisão que, segundo o ministro, o percentual de responsabilidade que as empresas têm no setor.

Por fim, Marcelo Álvaro Antônio disse que a pasta está elaborando o aditivo que será assinado com a Caixa Econômica Federal na semana que vem. O recurso estará disponível em pelo menos 17 instituições credenciadas por todo o Brasil.

    Veja Também

      Mostrar mais