A Alerj aprovou, na última terça-feira  (28), a proibição de obras e reparos não emergenciais em condomínios comerciais e residenciais, seja na área comum ou em cada unidade, enquanto durar o plano de contingência para combate ao novo coronavírus (Sars-Cov-2).

Déficit nas contas públicas deve chegar a R$ 600 bilhões este ano

A medida será encaminhada ao governador Wilson Witzel , que terá até 15 dias úteis para sancioná-la ou vetá-la.

Cristo Redentor
Divulgação
Cristo Redentor


Apenas pequenos reparos poderão ser realizados, desde que não haja a necessidade de interrupção do fornecimento de água, não ocasione perturbação aos que estão trabalhando em home office e não aumente a circula ção de pessoas nas áreas comuns.

Orçamento de Guerra: Câmara analisa Proposta de Emenda Constitucional

O condômino que não comprir a lei poderá ser multado em cinco vezes o valor da cota condominial. " Obras emergenciais poderão ser executadas, sempre preservando, a paz e sossego dos condôminos", diz o texto.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários