caixa
Gabriel Guedes/Brasil Econômico
Quase 50 milhões de brasileiros já se cadastraram para receber auxílio de R$ 600, segundo a Caixa

A Caixa Econômica Federal registrou quase 50 milhões de pessoas cadastradas em pouco mais de duas semanas para recebimento do auxílio emergencial de R$ 600, informou o presidente da instituição, Pedro Guimarães, durante live do Valor .

Leia também: Caixa abre agências neste sábado para serviços essenciais; veja quais

"Já pagamos 36 milhões de brasileiros nesse intervalo", acrescentou Pedro Guimarães.

De acordo com o presidente da Caixa , são três grandes grupo de beneficiários do auxílio : inscritos no Bolsa Família e cadastro único, "que já tem base de 75 milhões de pessoas no Ministério da Cidadania". "Dessas, vamos pagar até final da semana que vem, ao redor de 30 milhões de pessoas."

Além das duas bases citadas, o banco também lançou um aplicativo para cadastro de informais que não estão nessas bases.

"O diferencial são informais , MEIs, autônomos, que não estavam em nenhuma base do goveno. Criamos essa base com aplicativo e no site que tem quase 50 milhões de pessoas cadastradas", disse Guimarães.

O executivo elencou uma série de ações que o banco tem levado adiante para o combate dos efeitos econômicos do coronavírus. Segundo Guimarães, a instituição lançou um programa de R$ 43 bilhões de financiamento imobiliário, com seis meses de carência tanto para o comprador do imóvel novo quando para a empresa vendedora.

Leia também: Saiba usar o aplicativo Caixa Tem, que permite movimentar conta do auxílio

O presidente da Caixa citou ainda o novo saque para trabalhadores com conta do FGTS a partir de junho, de R$ 1.045. Além disso, "anunciamos nesta segunda-feira (20) uma parceria com o Sebrae para oferecer R$ 7,5 bilhões para o microcrédito".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários