Antes mesmo da Covid-19, arrecadação federal teve queda de 2,7% em fevereiro
iStock
Antes mesmo da Covid-19, arrecadação federal teve queda de 2,7% em fevereiro

A arrecadação federal registrou queda em fevereiro, antes de o país começar a sentir os efeitos da crise do novo coronavírus (Sars-Cov-2). Segundo dados divulgados nesta quinta-feira (2) pela Receita Federal, o governo recebeu em impostos e contribuições R$ 116,4 bilhões naquele mês, uma retração de 2,7% em relação a fevereiro de 2019, já considerando a inflação no período.

Leia também: Governo publica MP do Emprego, adiamento do IR e decreto que zera IOF do crédito

O número também veio menor que o registrado em janeiro, quando a arrecadação havia sido de R$ 174,9 bilhões. Nesse caso, o recuo foi de 33,6%. No acumulado dos dois primeiros meses da crise, a arrecadação registrava alta real de 1,61% em relação a 2019, mas o governo já dá como certo que esse cenário mudou por causa da pandemia.

Há duas semanas, o Ministério da Economia cortou para zero a projeção de crescimento da economia neste ano. Antes, a expectativa era de uma alta de mais de 2%. A previsão de uma atividade mais fraca terá impacto direto no volume de impostos arrecadados em 2020.

Por isso, o Congresso editou um decreto que reconhece o estado de calamidade pública no país. Dessa forma, o governo fica liberado de cumprir a meta fiscal e não precisará fazer bloqueios no Orçamento por causa da frustração de receitas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários