Brasil Econômico

imóveis
Agência Brasil
Ex-juiz federal João Carlos da Rocha Mattos


Dois imóveis pertencentes ao ex-juiz João Carlos da Rocha Mattos irão a leilão nos dias 9 e 23 de março. A determinação é da 6.ª Vara Criminal da Justiça Federal de São Paulo, e o dinheiro arrecadado com a venda dos imóveis é destinado à União Federal. 

Os dois imóveis estão situados na cidade de São Paulo, e foram alienados pela União em 2006. Um deles é uma cobertura duplex localizada no bairro de Higienópolis, onde morava Rocha Mattos , avaliada em R$2,8 milhões.

Leia também: Governo venderá imóveis da União e prepara leilão com recuperados do tráfico

O outro é uma casa situada em um condomínio de luxo no bairro do Alto da Boa Vista, no valor de R$1,5 milhão. Apesar do preço de avaliação dos imóveis , eles podem ser arrematados por cerca de metade do valor durante os leilões

Operação Anaconda

Rocha Mattos está preso desde 2003, quando foi condenado a 34 anos e 22 dias de reclusão pelos crimes de prevaricação, corrupção passiva, fraude processual, tráfico de influência, peculato e lavagem de dinheiro. 

Leia também: Mansão do ex-banqueiro Edemar Cid Ferreira se tornará escola de alto padrão

A prisão do ex-juiz fez parte da Operação Anaconda , deflagrada em outubro de 2003, na qual o Ministério Público Federal propôs diversas ações penais a Rocha Mattos.

De acordo com a Procuradoria, o ex-juiz teria adquirido os imóveis em que agora vão a leilão com recursos de venda de sentenças e decisões judiciais.

    Veja Também

      Mostrar mais