Brasil Econômico

dolar
Reprodução
Dólar volta a subir nesta terça (3), assim como o Euro

A escalada do dólar frente ao Real, tendência de todo o ano de 2020 até então, toma a cada dia novas proporções, seguidas agora também pela forte valorização do Euro comercial, que fechou acima de R$ 5,00 pela primeira vez nesta segunda-feira (2). Nesta terça, tanto a moeda norte-americana quanto a europeia voltam a subir.

Leia também: Bolsonaro celebra novidade que permite pagar contas com pontos de fidelidade 

O receio de recessão global provocado pela expansão do coronavírus tem agitado os mercados e dado força a moedas sólidas e fortes, como o dólar e o Euro . Enquanto a primeira opera a R$ 4,505, com alta de 0,71%, a moeda europeia segue acima de R$ 5, cotada a R$ 5,0015 alta de 0,51%.

Desde o começo deste ano, o dólar já registra uma valorização acumulada de 11,81%. O Euro comercial também se valoriza ao longo de 2020 na comparação com o Real , cada vez mais desvalorizado.

O Ibovespa , principal indicador da Bolsa brasileira, a B3, no entanto, oscila e tem leve queda (-0,14%) nesta quarta, atingindo 106.472 pontos, após subir 2,36% na véspera e iniciar a recuperação após forte queda na semana anterior (-8,42%).

Internamente, um dos fatores que contribui para a desvalorização do Real é a taxa básica de juros, a Selic , que está em 4,25% ao ano, o menor valor da história, já que as taxas mais baixas desestimulam a entrada de capitais estrangeiros no Brasil e forçam a saída de investidores, que buscam locais mais vantajosos para eles.

    Veja Também

      Mostrar mais