dólar arrow-options
shutterstock
Dólar engata 7° pregão de alta e supera R$4,45 em meio a temores sobre coronavírus

O dólar abriu em alta novamente nesta quinta-feira (27), atingindo pela primeira vez a cotação de R$ 4,46 e subindo pela sétima sessão consecutiva, em meio a t emores sobre a expansão do coronavírus e impactos na economia global.

Dólar fecha o dia perto de R$ 4,45, e bolsa cai 7% com coronavírus

Às 9h28, a moeda dos EUA era negociada a R$ 4,4556, com alta de 0,34%. Na máxima até o momento, chegou a R$ 4,4616. 

No dia anterior, o dólar fechou em alta de 1,10%, a R$ 4,4407, renovando recorde de fechamento nominal (sem considerar a inflação), em meio ao avanço da epidemia de coronavírus pelo mundo e com a confirmação do primeiro caso no Brasil.

Dólar do cartão será do dia da compra a partir de março, define BC

No mês, o dólar acumulou alta de 3,63%. Em 2020, já subiu 10,75%. Em tentativa de limitar a disparada do dólar, o Banco Central realizará neste pregão leilão extraordinário de até 20 mil contratos de swap tradicional com vencimento em agosto, outubro e dezembro de 2020, conforme anunciado na quarta-feira, destaca a agência Reuters.

    Veja Também

      Mostrar mais