coronavírus arrow-options
undefined
Economia global deve parar devido ao coronavírus


A propagação do coronavírus custará à economia mundial mais de US$ 280 bilhões nos primeiros três meses do ano, pondo fim a uma série de 43 trimestres de expansão global , de acordo com a consultoria de pesquisa econômica  Capital Economics . Isso significa que, pela primeira vez depois de 10 anos de crescimento, a economia global vai parar.

Com base nessas previsões, “o PIB global não crescerá em termos trimestrais pela primeira vez desde 2009”, diz o relatório de autoria de Simon Macadam, economista global da empresa com sede em Londres.

Leia também: Disney prevê perdas milionárias e Nike fecha lojas na China por coronavírus

O economista espera que o vírus seja contido e que, durante o resto do ano, “a produção perdida seja compensada nos trimestres subsequentes para que o PIB mundial atinja o nível que teria alcançado em meados de 2021, caso não houvesse acontecido a epidemia”.

O número de mortes causadas pela doenças atingiu 910 nesta segunda-feira (10), quando o presidente da Organização Mundial da Saúde (OMS) manifestou preocupação com a propagação do vírus entre pessoas sem histórico de viagens para a China .

A Capital Economics espera que as consequências na Ásia sejam maiores do que as ocorridas durante a epidemia da SARS em 2003 .

Leia também: Exportações devem cair com coronavírus, mas impacto não é imediato, diz governo

Uma grande queda do número de visitas de turistas chineses e interrupções nas cadeias de suprimentos globais de manufatura afetarão as economias asiáticas emergentes em particular. Na Índia , na Indonésia e nas Filipinas o impacto deve ser limitado, uma vez que esses países são menos integrados à China .

Já entre as nações ricas, uma das mais atingidas será a Austrália , devido à sua dependência de exportações para a China e dos gastos de turistas chineses no país.

    Veja Também

      Mostrar mais