desemprego
Aaron Favila/Agência Pública
Desemprego caiu ao passo que trabalho por conta própria e sem carteira assinada registraram altas expressivas


A taxa de desemprego no Brasil recuou para 11% no último trimestre de 2019. Os dados são da Pnad Contínua , divulgada nesta sexta-feira (31) pelo IBGE , e mostram que 11,6 milhões de brasileiros seguem desempregados. 

No trimestre anterior, encerrado em setembro, a taxa de desemprego estava na casa dos 11,8%, com 12,5 milhões de brasileiros sem trabalho. De 2018 para 2019, o número de desempregados caiu de 12,8 milhões para 12,6 milhões.

Leia também: Rio de Janeiro é a cidade com pior índice de empregos formais em 2019

Essa queda no desemprego foi puxada, sobretudo, pela informalidade . Os dados do IBGE mostram que o resultado do desemprego foi influenciado pelo aumento do trabalho informal ou por conta própria e do número de pessoas que trabalham menos horas do que gostaria. As contratações de final de ano também colaboraram para o resultado da pesquisa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários