Brasil Econômico

A companhia brasileira Taurus e a indiana Jundal Steel anunciaram nesta segunda-feira, em Nova Delhi, uma joint venture para produção de armas de pequeno porte no mercado indiano
Reprodução
A companhia brasileira Taurus e a indiana Jundal Steel anunciaram nesta segunda-feira, em Nova Delhi, uma joint venture para produção de armas de pequeno porte no mercado indiano

A Taurus Armas, fabricante brasileira de armamentos, comunicou na manhã desta segunda-feira (27) que assinou acordo com a empresa indiana Jindal Group para produzir e vender armas no país asiático.

O acordo foi assinado durante viagem da comitiva do presidente Jair Bolsonaro à Índia, da qual participaram executivos da fabricante brasileira de São Leopoldo (RS).

China foi o principal destino das exportações paulistas em 2019

Segundo a Taurus, a Jindal terá 51% da joint-venture e a empresa brasileira terá 49%. A Jindal é uma das maiores siderúrgicas indianas, com faturamento superior a US$ 24 bilhões em 2019.

A joint venture criada irá implementar uma fábrica de armas na Índia, onde serão produzidos fuzis, pistolas e revólveres, para os mercados civis, de segurança pública e militar.

“A Taurus segue firme no processo de reestruturação baseado em rentabilidade sustentável, qualidade e melhora dos indicadores financeiros e operacionais, além do forte investimento no desenvolvimento de novos produtos e tecnologias”, acrescenta a companhia.

No Brasil, a Taurus emprega 2.100 pessoas e gera 5 mil empregos indiretos. A empresa também tem fábrica nos Estados Unidos. O Jindal Group tem faturamento de US$ 24 bilhões de 200 mil funcionários no mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários