novo emprego
divulgação
Com a queda no desemprego, profissionais se preparam para causa uma boa impressão no novo emprego

Entre abril e novembro de 2019, o Brasil criou 750.524 vagas formais de emprego segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia.

Com a queda do desemprego, além de se preparar para conseguir uma vaga, trabalhadores começam a se perguntar, depois de um período longe do mercado de trabalho, como causar uma boa impressão em um novo emprego.

Plano de chegada

É isso mesmo. Segundo a  especialista em recursos humanos e consultora de carreiras, Janaína Fidelis, assim como é importante se planejar para  conseguir o emprego, é necessário desenvolver uma estratégia para assumir uma vaga, o que ela chama de plano de chegada.

“A primeira dica que dou aos meus clientes é pegar as experiências passadas e guardar em uma gaveta", afirma Fidelis. A consultoria argumenta que para iniciar no novo cargo é necessário ˜uma postura de aprendizagem”.

“É a hora de conhecer processos, respeitar a história de quem já está na empresa, aprender”, aconselha. A ideia, portanto, é esquecer os métodos antigos, aplicados em cargos anteriores, e "estar aberto para o novo", diz a consultora. 

Isso não significa se retrair. "Não tenha medo de perguntar, mostre o seu interesse, disposição para aprender, isso sempre é positivo", comenta.

Habilidades sociais

Nessa linha, o professor de MBA da Fundação Dom Cabral Uranio Bonoldi lembra que é importante aproveitar o momento positivo de conquistar uma oportunidade e apostar no bom humor.

"Nessa era tecnológica, veloz, em que tudo é mais volátil, as habilidades sociais estão muito valorizadas pelas empresas, entre elas a adaptabilidade ", reflete Bonoldi.

“Por isso é importante chegar no novo emprego com bom humor , buscando conhecer o negócio da empresa e como é possível colaborar com os processos”, orienta.

E se o medo (de não dar certo) bater?

Vai com medo mesmo, ensina o professor. Os dois especialistas concordam que o medo e a insegurança são empecilhos reais para que a relação entre empresa e novo contratado não funcione. 

“A insegurança faz parte, ainda mais para quem ficou algum tempo fora do mercado e quer muito que (o emprego) funcione. Nessa hora, o importante é buscar ajuda , confiar nas pessoas, para se sentir mais seguro˜ , diz Fidelis.

“Em primeiro lugar, tem que reconhecer o medo para enfrentar de peito aberto e vencê-lo˜, acrescenta Bonoldi. Segundo o professor isso envolve não ter medo de errar.

“Não se esconda, muito menos o seu erro, peça ajuda . As pessoas sabem que quem está chegando precisa de orientação e devem estar preparadas para ajudar˜, avalia.

Atualização digital

Os especialistas também concordam que se o comportamento é importante, a qualificação técnica não fica atrás.

“As empresas estão vivendo em um   mundo digital , então não pode ter medo de novas tecnologias, principalmente, quem ficou fora do mercado por algum tempo, tem que se atualizar constantemente˜, afirma Fidelis.

"A inovação é uma realidade nas empresas hoje e quem gosta de inovar vai causar uma boa impressão", conclui Bonoldi.

Outra dica de Janaína Fidellis é se atualizar sobre o mercado em que a empresa está inserido. "Entender do negócio e as novas tecnologias que estão sendo utilizadas também é atualizar-se", pontua.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários