Tamanho do texto

Para quem ainda não sacou os R$998 do FGTS, a data limite é 31 de março deste ano; mais de 60% do valor liberado já foi pago aos trabalhadores através dos saques

FGTS arrow-options
José Cruz/Agência Brasil
Quem ainda não fez o saque do FGTS tem até o final de março


A Caixa Econômica Federal divulgou que 57,9 milhões de trabalhadores (60%) já fizeram o saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço , o FGTS , de até R$998. Dentre os que já fizeram a retirada, 68% são correntistas da Caixa. 

A instituição financeira informou, ainda, os valores sacados. Até agora, R$26,9 bilhões já foram pagos. No total, R$42,6 bilhões estão liberados. 

Ainda dá tempo de sacar o FGTS?

Quem ainda não sacou o FGTS tem até o dia 31 de março para fazê-lo. Os saques começaram em setembro do ano passado para os correntistas da Caixa , e no mês seguintes para os demais trabalhadores. Até agora, o pagamento seguiu um calendário de acordo com o aniversário do empregado. Com o fim dele, porém, trabalhadores podem fazer o saque a qualquer momento, independente do mês de aniversários. 

Leia também: Nova regra de saque do FGTS já está valendo, mas é opcional; conheça

O prazo limite de 31 de março vale tanto para quem ainda não sacou o FGTS quanto para quem sacou apenas uma parte. Isso porque, a princípio, foram liberados saques de até R$500. A partir de 20 de dezembro, porém, passou a ser permitido o saque total para contas que possuíam saldo de até R$998. Portanto, quem já tinha sacado R$500 e quer retirar o restante, deve fazer o saque até esta data. 

No caso de quem preferir não realizar a retirada, o dinheiro liberado volta para o Fundo de Garantia , com atualização monetária e juros referentes ao período em que ficou disponível para saque. No caso de correntistas da  Caixa , é necessário informar o banco da vontade de manter o dinheiro no Fundo até o dia 30 de abril de 2020.