Quem não pagar o imposto dentro do prazo está sujeito a multa de 0,33% por dia de atraso
Pixabay
Quem não pagar o imposto dentro do prazo está sujeito a multa de 0,33% por dia de atraso

A primeira parcela do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) já vence na próxima quinta-feira (9), para veículos com placas de final "1", em São paulo. Os vencimentos seguem até o dia 22.

Não haverá carta informando o valor ou lembrando do pagamento. O dono do veículo deve ir a um dos bancos credenciados ou lotéricas e, com o número do Renavam, e a placa, quitar a parcela. Ou podem consultar  o valor do IPVA pelo site da Secretaria da Fazenda e Planejamento.

Quem optar por pagar o valor integral em janeiro, até o vencimento, terá desconto de 3%. Em fevereiro, quem não pagou a parcela de janeiro terá de recolher o valor integral do tributo, e sem abatimento.

Neste ano, o imposto ficou em média 3,5% mais barato do que no ano passado, segundo a Secretaria de Estado da Fazenda e Planejamento, devido à redução no preço que baseia a tabela de valores venais.

Você viu?

O pagamento pode ser realizado em guichê de caixa bancário, autoatendimento, internet banking, débito agendado ou em casas lotéricas. O IPVA é isento a taxistas, pessoas com deficiência, ônibus e micro-ônibus urbanos e veículos com mais de 20 anos.

Quem não pagar o imposto dentro do prazo está sujeito a multa de 0,33% por dia de atraso e juros com base na taxa Selic, que está em 4,5% ao ano. Passados 60 dias, o percentual da multa fixa-se em 20% do valor do imposto.

A Secretaria da Fazenda prevê arrecadar R$ 16,9 bilhões com o IPVA em 2020. Do total, descontadas as destinações constitucionais, o valor é repartido 50% para os municípios de registro dos veículos e os outros 50% são destinados ao Estado.

Os recursos são investidos pelo governo estadual em obras de infraestrutura e melhoria na prestação de serviços públicos, como saúde e educação.  Confira aqui todas as datas de pagamento. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários