bolsa
Divulgação/HC Investimentos
A taxa mensal de manutenção de conta, que hoje custa cerca de R$ 110 ao ano, será gratuita

A Bolsa anunciou redução de tarifas a fim de expandir sua base de investidores. A taxa mensal de manutenção de conta, que hoje custa cerca de R$ 110 ao ano, será gratuita e haverá redução de 10% no valor cobrado por negociação para pessoas físicas.

Para clientes que tiverem um saldo em custódia de até R$20 mil em uma mesma corretora também haverá isenção de cobranças sobre o pagamento de proventos e valor em custódia.

As medidas serão implementadas ao longo do ano, de acordo com a capacidade do mercado de adaptar seus sistemas e processos para a nova tarifação, segundo a B3. As mudanças irão atingir 65% da base de investidores pessoa física que hoje têm saldo em contas de renda variável na bolsa.

Em 2019, o número de contas ativas da B3 cresceu 233%, saltando de 643 mil em janeiro de 2018 para 1,5 milhão de investidores em outubro do ano passado. O varejo foi um dos destaques no crescimento do mercado de capitais brasileiro, de acordo com a B3.

A decisão representa uma redução de aproximadamente R$250 milhões nas tarifas pagas pelos clientes da B3 no ano considerando os volumes negociados nos últimos 12 meses. Segundo comunicado da Bolsa, a vantagem para as corretoras que praticam essa isenção, será um aumento na capacidade de atrair novos clientes e fortalecer a presença dos investidores no mercado brasileiro.

Como fica na prática

Na prática, de acordocom o aumento dovolume investido, as tarifas reduzem. Ou seja, quanto mais recursos aplicados, menores as taxas para o investidor.

Atualmente, um investidor com negociação não day trade que decide comprar R$ 20 mil em ações e manteve seu investimento inalterado ao longo de todo ano, paragaria R$ 6,50 de negociação e taxa de manutenção atual de R$ 111,36, com isenção no valor de custódia. Com as mudanças, a negociação passa para R$ 6,00 e a manutenção fica isenta, representando uma redução de 95%.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários