Brasil Econômico

Trump   e chineses
Divulgação/Twitter/Potus
Redução das tarifas chinesas faz parte das negociações da primeira fase do acordo comercial com os Estados Unidos

A China anunciou nesta segunda-feira (23) que vai cortar tarifas de importação de 859 tipo de produtos, entre eles a carne de porco congelada, produtos farmacêuticos e componentes de alta tecnologia a partir de 1º de janeiro de 2020.

A medida ocorre durante as negociações entre o país asiático e os Estados Unidos para concluir a primeira fase de um acordo comercial. As informações são do jornal norte-americano "The Wall Street Journal".

Trump confirma acordo comercial com China e suspende tarifas

O plano aprovado pelo Ministério das Finanças chinês inclui vários parcerios comerciais incluindo os Estados Unidos. Nos produtos divulgados, será aplicada a taxa de importação mais baixa que um país oferece a seus parceiros comerciais.

A decisão, além de positiva para os Estados Unidos, aponta para uma possível abertura da economia chinesa.

Importações de soja do Brasil pela China recuam 42%

 O acordo é visto por analistas como uma vitória do presidente norte-americanno Donald trump , que pressionou a China pelo acordo comercial. Os cortes nas tarifas vão permitir que a China importe mais dos EUA sem violar regras internacionais de comércio.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários