Tamanho do texto

Site do INSS faz o cálculo do tempo de contribuição e informa se o segurado já pode dar entrada no benefício ou quanto tempo deve esperar para fazê-lo

Casal usando computador arrow-options
shutterstock
Casal usando computador

Com a discussão da reforma da Previdência no Congresso Nacional e agora, com sua aprovação, muitos segurados passaram a se preocupar com o tempo que falta para conseguir a aposentadoria para saber se serão ou não afetados pelas mudanças que a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) prevê.

Leia também: Está perto de se aposentar ou é aposentado? Veja se a reforma prejudica você

Para consultar o tempo de contribuição e simular quanto falta para conseguir se aposentar , o Instituto Nacional de Seguro Social oferece uma ferramenta no aplicativo para celular e também no site do governo com essa função.

Ao acessar o site ou app, é possível fazer a simulação de duas maneiras. A primeira é automática, cadastrando seus dados no site Meu INSS e deixando com que o sistema faça as contas sozinho, ou fazer essa contabilidade manualmente, inserindo cada período de trabalho ou contribuição.

O lado positivo de fazer a consulta automática, é que a ferramenta mostra exatamente quais períodos estão sendo contabilizados e se há algum que não aparece registrado no INSS. Aprenda a fazer a simulação:

Com cadastro no site e simulação automática

Primeiramente, acesse o site acesso.gov.br e informe os seguintes documentos para Meu INSS:

  • CPF
  • Nome completo
  • Telefone celular para receber SMS
  • E-mail

Após concluir o cadastro, o sistema irá fazer perguntas para verificar se as informações estão corretas, como nome da mãe, mês de aniversário, empresa que já trabalhou, etc.

Feito isso, será necessário habilitar o cadastro e criar uma senha de acesso.

Em caso de problemas com o cadastramento, a orientação é entrar em contato pelo telefone 135 ou ir até uma agência do INSS ou de algum dos bancos conveniados.

Concluído o cadastro, clique em “Simulação de Aposentadoria”, que aparece do lado esquerdo da tela. Depois, escolha se quer simular a aposentadoria por idade ou tempo de contribuição. Então, o site mostra os vínculos de trabalho registrados no sistema do INSS.

Clicando em “calcular”, um arquivo em PDF é gerado, com o período trabalhado em cada empresa. Em ambas as opções é informado se o segurado já pode entrar com pedido de aposentadoria ou quanto tempo falta para se aposentar.

É importante que os dados do site batam com os registros em carteira ou carnês de contribuição. Se faltar algum período, é possível adicioná-lo manualmente e fazer a simulação de novo. Porém, essa simulação não é contabilizada pelo instituto e será preciso comprovar ao órgão que houve contribuição para que o período seja contado na aposentadoria.

Leia também: Reforma aprovada: conheça as regras de transição para cada categoria

Sem cadastro e simulação manual

Se não conseguir acessar o login no site Meu INSS, é possível fazer a simulação manualmente. Basta informar:

  • Data de nascimento
  • Sexo

Para continuar, é preciso ter a carteira de trabalho, carnês de contribuição e guias de pagamento em mãos.
Clique no símbolo mais (+) e inclua a data de início e fim de cada emprego ou período de contribuição. No fim, clique em “calcular” e veja o tempo total de contribuição.

Vale ressaltar que essa é apenas uma simulação, e não garante o direito à aposentadoria.