Tamanho do texto

Modelo oferece condições especiais de agendamento e permanência, além de descontos para quem vai estudar ou estagiar no exterior; entenda

estudante arrow-options
shutterstock
O estudante que decidir fazer um curso fora do País deve usar o comprovante de matrícula para conseguir o desconto da passagem aérea

O preço das passagens aéreas é uma das principais preocupações para quem vai viajar. Se o destino for internacional então, o custo com o voo pode representar mais da metade do orçamento total da viagem. 

Leia também: Passagem aérea mais barata? Conheça as novas aéreas do mercado brasileiro

Para amenizar os gastos dos clientes e tornar mais acessível a locomoção para outros países, as companhias aéreas criaram a passagem aérea de estudante , que oferece condições especiais de compra de até 15% de desconto para quem vai estudar, estagiar ou até mesmo trabalhar fora.

Entre os benefícios, estão condições especiais de preço e pagamento; paradas em mais de uma cidade; flexibilidade na alteração de datas ou permanência de até 12 meses no destino. 

Larissa Charnet, diretora de marketing e produto da CI Intercâmbio e Viagem, explica que para adquirir a passagem aérea de estudante é preciso estar dentro da faixa etária entre 12 e 34 anos e apresentar documentação que comprove as experiências de estudo e trabalho no exterior. Entenda abaixo algumas das vantagens do modelo:

Permanência

A maior parte das passagens de estudante consideram programas de longa duração – entre seis meses e um ano. “Torna-se ainda mais interessante para os jovens que pretendem aprimorar um idioma ou adquirir mais experiência no mercado de trabalho”, comenta Charnet.

Flexibilidade de data

Caso o estudante decida estender o período de intercâmbio , algumas empresas também permitem alteração de data sem que haja qualquer cobrança extra.

Possibilidades

As tarifas de estudante estão disponíveis para grande parte dos destinos mais cobiçados na hora do intercâmbio, como Estados Unidos, Europa, Austrália e Nova Zelândia. “Além disso, a CI possui parcerias exclusivas com as principais companhias aéreas para venda do produto, entre empresas brasileiras e estrangeiras”, ressalta a representante da agência de intercâmbio.

Leia também: Azul vai oferecer passagens aéreas a R$ 99 para o trecho Rio-São Paulo

Pré-requisitos

Para conseguir o benefício, é preciso que o estudante que pretende fazer um curso fora do País, seja ele voluntário, de extensão, de graduação, idiomas ou especialização, apresente um comprovante de matrícula e aceitação em uma instituição de ensino internacional.

Além disso, é importante:

  • Ter entre 12 e 34 anos até a data de embarque;
  • Comprar os bilhetes de ida e volta, sem direito de reembolso após embarque;
  • Ficar ao menos 15 dias no país onde o curso será realizado.

Como comprar a passagem de estudante?

Apesar de algumas empresas oferecerem o benefício diretamente , o ideal é que as passagens sejam adquiridas em agências de intercâmbio - responsável por fazer a ponte entre os estudantes e as companhias aéreas.

Os valores podem variar de agência para agência, por isso, a dica é fazer uma pesquisa previamente para garantir o melhor preço. Quanto maior for a antecedência, melhor, já que os voos possuem uma quantidade de assentos disponíveis a estudantes limitada.

A emissão da passagem aérea para estudantes pode ser cobrada pelas agências. O valor é de até R$ 100.