Brasil Econômico

nota fiscal paulista
Divulgação
Crédito da Nota Fiscal Paulista pode ser transferido para pagar IPVA 2020

Consumidores cadastrados na Nota Fiscal Paulista podem transferir, até 31 de outubro deste ano, os créditos obtidos com o programa para pagar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2020.

Leia também: FGTS deve impulsionar criação de vagas temporárias no Natal deste ano; entenda

O acesso ao sistema é feito no  site da Nota Fiscal Paulista e a transferência dos créditos tem o fim deste mês como data limite. É preciso informar CPF e senha para conferir a quantidade de crédito disponível e então solicitar a transferência.

O programa dá créditos aos consumidores que pedem o CPF na nota fiscal ao fazer compras em todo o estado de São Paulo. Além do IPVA, os créditos também podem ser transferidos para a conta-corrente cadastrada no sistema. Os valores recuperados são variáveis de acordo com cada compra.

Segundo a Secretaria de Estado da Fazenda e Planejamento, o usuário poderá escolher quanto de crédito deseja enviar para abatar o pagamento do IPVA 2020 . Se a transferência feita for maior do que o necessário para pagar o imposto, o dinheiro será restituído na conta-corrente da Nota Paulista .

No mês final para transferência dos créditos, o usuário que entrar no sistema se depará com o aviso: “A partir de outubro a liberação mensal de créditos da Nota Fiscal Paulista ocorrerá no dia 16 de cada mês (ou no dia útil posterior, quando se tratar de fim de semana ou feriado). A medida visa evitar o conflito com a data de liberação dos prêmios dos sorteios mensais do programa, que ocorrem a cada dia 15”. Para conseguir enviar os créditos para o IPVA, basta clicar em "Continuar".

Uma das exigências para a transferência dos créditos é que o carro esteja no nome do usuário cadastrado na Nota Fiscal Paulista.

Leia também: 7 perguntas que o recrutador não deve fazer em uma entrevista de emprego

Confira o passo a passo para transferir os créditos da Nota Paulista

  1. Acesse o site  https://portal.fazenda.sp.gov.br/servicos/nfp ;
  2. Escolha a opção "Acesso ao Sistema" na coluna "Consumidor";
  3. Informe CPF e senha e clique em "Não sou um robô";
  4. Pressione "Acessar" e depois "Continuar";
  5. Novamente clique em "Não sou um robô" e então em "Consultar";
  6. Selecione "Utilizar créditos";
  7. Escolha a opção "Quitação ou abatimento no valor do IPVA"; e
  8. Informe o Renavam e confirme a transferência.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários