Ações da campanha trarão o selo
Alan Santos/PR
Ações da campanha trarão o selo "Essa é a verdade" para destacar as informações oficiais do governo sobre a Previdência


O governo federal vai investir R$ 40 milhões em uma campanha publicitária para explicar à população a proposta de reforma da Previdência, que atualmente tramitando na Câmara dos Deputados.

Leia também: Banco do Brasil gasta R$ 47,5 mil em homenagem a Bolsonaro em Nova York

A ação, que terá o mote "Nova Previdência , pode perguntar", começará o na segunda quinzena deste mês e será veiculada na televisão, rádio, jornal, internet e outdoors.

Você viu?

Segundo o Palácio do Planalto, a campanha defenderá que as alterações nas regras de aposentadoria "vão promover justiça social e ampliar a capacidade de investimento do País."

"As mensagens abordam, entre outros assuntos, a redução de privilégios históricos do sistema previdenciário brasileiro, que inclui a diminuição da contribuição de quem ganha menos e o aumento da contribuição de quem ganha mais; a manutenção das regras vigentes para quem já está aposentado; o aumento dos recursos para a Educação; e a economia promovida a Estados e municípios, o que vai auxiliar no equilíbrio das contas públicas", informou a Secretaria de Comunicação (Secom).

Na televisão, de acordo com o governo, os comerciais vão apresentar diálogos simples, com pergunta e respostas, para facilitar o entendimento em todas as regiões do Brasil. As peças vão, ainda, possuir um selo com a frase "Essa é a verdade" para destacar as informações oficiais do governo.

Leia também: Economia remaneja R$ 3,6 bilhões para atender outros cinco ministérios

Além disso, o verde e o amarelo e as cores da bandeira do Brasil vão dominar a linguagem visual da campanha da nova Previdência , que foi produzida pela agência Artplan.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários