Em fevereiro, segundo dados do Caged, o estoque de empregos formais chegou a 38,6 milhões de postos de trabalho
Shutterstock
Em fevereiro, segundo dados do Caged, o estoque de empregos formais chegou a 38,6 milhões de postos de trabalho

O Brasil registrou, pelo terceiro mês seguido, um saldo positivo na criação de empregos com carteira assinada. Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) nesta segunda-feira (25), o resultado de fevereiro ficou em 173.139 novas vagas, o melhor desempenho para o mês desde 2014 (260.823).

Leia também: Após reforma, generais ganharão quase o mesmo que o presidente da República

O cálculo do Caged leva em consideração o saldo entre contratações e demissões do período analisado. Só em fevereiro deste ano, foram registradas 1.453.284 admissões e 1.280.145 desligamentos. O estoque de empregos formais, por sua vez, alcançou 38,6 milhões de postos de trabalho.

No acumulado de 2019, o saldo da geração de empregos no País está positivo em 211.474. Nos 12 meses terminados em fevereiro, foram criados 575.226 postos de trabalho.

Os números do Caged ainda revelam que, no mês passado, houve abertura de vagas com carteira assinada em sete dos oito setores da economia. No período, se destacaram os serviços (112.412) e a indústria de transformação (33.472). Apenas a agropecuária , com saldo negativo em 3.077, não gerou empregos em fevereiro.

O secretário-especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, avaliou que os números registrados em fevereiro foram "bastante expressivos", ficando bem acima do estimado pelo mercado financeiro (ao redor de 82 mil vagas criadas).

“Nossa expectativa é de que essa retomada se mantenha nos próximos meses, principalmente porque a economia vai bem. Esse número de empregos gerados no mês de fevereiro é uma demonstração de que as mudanças propostas – como flexibilidade, desburocratização , uma visão mais liberal da economia – passam confiança à economia real no processo de retomar as contrações”, disse.

Você viu?

Leia também: Banco Central mantém Selic em 6,5% ao ano, o menor nível da história

O secretário também comentou os resultados de fevereiro em sua conta oficial no Twitter. Marinho escreveu que o saldo positivo na criação de empregos formais é um sinal de que o Brasil está retomando a confiança na economia e que esse desenvolvimento será consolidado com a aprovação da reforma da Previdência.






*Com informações da Agência Brasil

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários