Tamanho do texto

Para o presidente dos Estados Unidos, acordo é "revolucionário"; encontro reúne as 20 maiores economias do mundo em Buenos Aires, na Argentina

Líderes dos EUA, México e Canadá renovam acordo comercial durante o G20
White House/Reprodução Twitter
Líderes dos EUA, México e Canadá renovam acordo comercial durante o G20


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou, nesta sexta-feira (30), a oficialização do novo acordo comercial entre EUA, México e Canadá. O texto foi firmado durante o encontro da Cúpula dos Líderes do G20, que está acontecendo em Buenos Aires, na Argentina.

'Bebê Trump' ressurge em protesto contra a cúpula do G20 na Argentina

O novo acordo assinado durante o G20 é chamado Acordo Estados Unidos-México-Canadá (conhecido comoT-MEC, em espanhol, ou USMCA, na sigla em inglês). Ele substituiu o antigo Tratado de Livre Comércio da América do Norte (Nafta), que estava em vigor desde 1994.

De acordo com Trump, o pacto é "revolucionário" e promete garantir um ""futuro de prosperidade e inovação" para as três nações.  Ele também ressaltou que o acordo é exemplar e que deve "mudar para sempre o panorama comercial". O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, e o presidente do México, Enrique Peña Nieto, também participaram da cerimônia.

Confira o momento da assinatura:


O novo texto, que tem 34 páginas, é uma versão ajustada do acordo antigo, que impõe regras a uma zona de livre de comércio entre México, Estados Unidos e Canadá. O local possui cerca de 500 milhões de habitantes e enolve bilhões de dólares em operações comerciais.

Anunciado pela primeira vez em outubro deste ano, o T-MEC vem sendo renogociado há um ano e meio, e ainda precisa passar pela aprovação dos congressos dos três países para entrar em vigor. A versão final do novo Nafta foi fechada no dia 30 de setembro, uma hora antes do prazo final.

Foi o presidente americano quem pediu pela revisão do acordo pela primeira vez. Na época, ele disse considerar o pacto "desastroso" para os Estados Unidos . Após a assinatura, nesta sexta-feira (30), ele se despediu do Nafta em sua conta no Twitter . "O terrível Nafta irá embora logo. O USMCA vai ser fantástico para todos!", escreveu.

Trump ainda afirmou, na rede social, que esse é um dos maiores e mais importantes acordos da história do país norte-americano e do mundo. "Estados Unidos, México e Canadá trabalharam muito bem juntos para criar esse maravilhoso documento", disse.





O representante de Comércio Exterior dos EUA, Robert Lighthizer; o secretário de Economia do México, Ildefonso Guajardo; e a ministra das Relações Exteriores do Canadá , Chrystia Freeland, também assinaram o pacto em Buenos Aires, em paralelo à Cúpula de Líderes do G20.

G20 está em sua décima edição

Começa, nesta sexta-feira (30) a Cúpula do G20 em Buenos Aires
Divulgação/G20
Começa, nesta sexta-feira (30) a Cúpula do G20 em Buenos Aires


Leia também: Cúpula do G20 começa sob forte tensão comercial e clima de desunião na Argentina

Essa é a décima edição do G20 , que acontece desde 2008. Neste ano, a reunião começou nesta sexta-feira (30) e termina no sábado (1º).  As discussões deste encontro se concentram, principalmente, em guerra comerciais, nas preocupações com o crescimento da economia mundial, com o multilateralismo, além das novas relações de trabalho e as mudanças climáticas. Os temas são vistos como polêmicos por algumas nações, que possuem um posicionamento contrário ao dos demais países do grupo.

*Com informações da Agência Brasil


    Leia tudo sobre: Donald Trump
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.