Tamanho do texto

Em novo balanço após a crise de desabastecimento causada pela greve dos caminhoneiros, a ANP diz que normalização deve ser completa nessa semana

O abastecimento de combustíveis líquidos e GLP (gás usado em cozinha) está perto de ser completamente normalizado, segundo ANP
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
O abastecimento de combustíveis líquidos e GLP (gás usado em cozinha) está perto de ser completamente normalizado, segundo ANP

O abastecimento de combustíveis líquidos e GLP (gás usado em cozinha) está perto de ser completamente normalizado, segundo a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nessa sexta-feira (1º), em novo balanço após a crise de desabastecimento causada pela greve dos caminhoneiros em todo o País. De acordo com a agência, na próxima semana, todos os estados devem ter o fornecimento regularizado.

Leia também: Petrobras aumenta em 2,25% o preço da gasolina nas refinarias a partir de hoje

Ainda segundo a ANP, 19 das 27 unidades da federação já têm o fornecimento de combustível líquido e GLP totalmente normalizado. Na região Sudeste, o abastecimento está completo, com todos os estados atendidos: Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo – sendo que nenhum deles apresenta problemas decorrentes da falta de combustível.

Situação do abastecimento nos estados e no DF

Na região Nordeste, a situação também foi totalmente restabelecida – com exceção do estado do Piauí, onde o GLP está normalizado, mas o fornecimento de combustíveis líquidos continua fora da regularidade.

Leia também: Temer confirma nome de Ivan Monteiro como novo presidente da Petrobras

A mesma coisa acontece na região Norte, onde seis dos sete estados já voltaram à situação normal tanto dos líquidos quanto do gás. Porém, o estado do Tocantins ainda está em processo para ser completamente abastecido – processo que deve ser realizado até a próxima semana.

Já na região Centro-Oeste e no Distrito Federal, as coisas estão em normalização progressiva. O estado de Goiás também não foi completamente atendido, ainda em processo de regularização. Em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, porém, os líquidos estão totalmente abastecidos, mas o GLP está sendo regularizado.

Leia também: Presidente da Petrobras, Pedro Parente se demite após greve dos caminhoneiros

Na região Sul, apenas o estado do Paraná tem a situação totalmente normalizada tanto para líquidos quanto para GLP. Em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, o GLP está normalizado, mas os combustíveis líquidos estão em fase de normalização.

O grupo de Acompanhamento de Normalização do Abastecimento fez mais uma reunião hoje (2), no Palácio do Planalto. O encontro durou pouco mais de meia hora e terminou sem que nenhum ministro falasse com a imprensa. A próxima reunião está marcada para amanhã (3), às 9h30.

 *Com informações da Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas