Tamanho do texto

Durante todo o calendário, ao menos R$ 15,7 bi serão injetados na economia por meio do abono salarial, que deve atingir 22,1 milhões de pessoas; veja

Brasil Econômico

PIS/Pasep: valor do abono salarial varia entre  R$ 80 e R$ 954
Divulgação/Caixa Econômica Federal
PIS/Pasep: valor do abono salarial varia entre R$ 80 e R$ 954

Trabalhadores nascidos nos meses de março e abril que não têm conta na Caixa Econômica Federal podem sacar, a partir desta quinta-feira (22), o abono salarial do Programa de Integração Social ( PIS ) do calendário 2017/2018, ano-base 2016. Na terça-feira (20), o pagamento foi liberado para correntistas da Caixa com saldo acima de R$ 1.

Leia também: Tempo médio de desemprego no Brasil chega a mais de um ano, revela pesquisa

Segundo a Caixa Econômica, durante todo o calendário, ao menos R$ 15,7 bilhões serão injetados na economia brasileira por meio do abono salarial , que deve chegar a 22,1 milhões de pessoas, sendo que, para os nascidos em março e abril, estão disponíveis R$ 2,664 bilhões para 3,745 milhões de trabalhadores.

Critérios                                                                                                                                                   

Os pagamentos são feitos de acordo com o mês de nascimento do beneficiário e foram iniciados em julho, com os nascidos do mês. Além disso, o abono salarial de cada trabalhador varia conforme o tempo trabalhado com carteira assinada em 2016, ou seja, quem trabalhou o período mínimo necessário para receber o PIS – 30 dias - tem direito a R$ 80, enquanto que o valor máximo de R$ 954 vai para quem trabalhou os 12 meses de 2016.

Leia também: Mercado projeta terceira queda seguida para inflação e fica em 3,81%, aponta BC

Quem tem direito?

Para receber o PIS/Pasep  , que é o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, o trabalhador deve estar cadastrado há pelo menos cinco anos em um dos programas e, como já mencionado, trabalhado formalmente por, pelo menos, 30 dias em 2016, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. O empregador também deve ter informado os dados do trabalhador corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), ano-base 2016.

A Caixa orienta quem tem o Cartão do Cidadão e senha cadastrada a se dirigir a uma casa lotérica, a um ponto de atendimento Caixa Aqui ou aos terminais de autoatendimento da instituição.

Agora, se você não tem o Cartão do Cidadão e nem recebeu automaticamente o PIS em conta da Caixa, o valor pode ser retirado em qualquer agência do banco público, basta apresentar o documento de identificação. Já o trabalhador vinculado ao setor público com inscrição no Pasep recebe pelo Banco do Brasil.

Leia também: Sem reforma, governo poderá aumentar impostos, diz secretário da Previdência

Para quem tem dúvidas, o valor do benefício pode ser consultado no Aplicativo Caixa Trabalhador, no site do banco ou pelo Atendimento CAIXA ao Cidadão: 0800 726 0207. Vale mencionar também que os recursos do abono salarial ficarão disponíveis apenas até o dia 29 de junho de 2018.

*Com informações da Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.