Tamanho do texto

Pat notou a presença do roedor somente depois de apertar a embalagem; Descoberta aconteceu após o consumo quase completo do produto

Brasil Econômico

Pat Baterman não ficou satisfeita com o ressarcimento de £ 500 pelo incidente com o rato
Reprodução
Pat Baterman não ficou satisfeita com o ressarcimento de £ 500 pelo incidente com o rato

Uma consumidora britânica encontrou metade do corpo de um rato dentro da embalagem de legumes congelados que havia comprado em uma multinacional de supermercados. O caso aconteceu na cidade de Liskeard, no Reino Unido, e agora a rede Aldi recolherá ao menos 38 mil sacos de produto no país. Além disso, o estabelecimento lançou uma investigação urgente para detectar a origem do problema, ainda prometendo impor sanções aos responsáveis.

Leia também: Empresa é condenada por obrigar funcionária trans a usar banheiro de deficientes

Pat Bateman, de 60 anos, havia acabado de preparar os vegetais para o almoço da neta quando notou a presença do roedor no pacote congelado. De acordo com a publicação feita pelo jornal inglês, The Sun , a consumidora informou que se sentiu mal após fazer a descoberta, já que apenas encontrou o rato depois de ter consumido quase o pacote inteiro de legumes.

“Eu não podia acreditar em meus olhos quando puxei o animal da embalagem. Era apenas meio rato, com pelos”, relata Pat Baterman que, apesar da situação, comemora o fato de ninguém de sua família ter ficado doente em decorrência do fato.

Leia também: Clientes compram lanche no Burger King e são surpreendidos com larvas na carne

E o estabelecimento?

Impactada com o absurdo, a senhora foi até ao supermercado para saber quais providências podiam ser tomadas a respeito do assunto, entretanto, o que recebeu do gerente do estabelecimento local foi apenas um pedido de desculpas e um vale de £ 30 (cerca de R$ 120) para a próxima compra.

Pat não se sentiu satisfeita com a postura do funcionário e foi até a sede da Aldi,  que também não fez muito diferente do gerente, uma vez que se limitou a oferecer um ressarcimento de
£500 (aproximadamente R$ 200) pelo dano.

De acordo com o The Sun , a rede de supermercados, então, descobriu que houve três queixas sobre “pedaços de roedor” no mesmo produto. Em comunicado, a Aldi informou que os pacotes de legumes foram removidos das prateleiras para que não haja mais problemas.

O relatório interno ainda definiu a suspensão de toda a produção do sítio responsável pela fornecedora Agrifreez durante as investigações sobre o caso do rato.

Leia também: Após polêmica, marca retira camiseta com estampa da antiga Febem de suas lojas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.