Tamanho do texto

Existem algumas perguntas que você deve fazer a si mesmo antes de começar a empreender para ter sucesso nos negócios; saiba quais são

É importante questionar se a sua ideia vale a pena antes de abrir um negócio, reduzindo os riscos de prejuízo
shutterstock
É importante questionar se a sua ideia vale a pena antes de abrir um negócio, reduzindo os riscos de prejuízo

Antes de lançar uma nova ideia no mercado e abrir um negócio , é importante saber se as pessoas estão interessados no produto ou serviço que você deseja oferecer. Parece simples, mas, ainda assim, muitas pessoas cometem esse erro. Um estudo divulgado pela CB Insights revela que 42% das novas empresas falham por não encontrarem demanda para seus lançamentos.

Leia também: Você saber dar um feedback efetivo para os seus funcionários?

Segundo Willian Sertório, sócio-fundador da Funeel, agência que auxilia empresas no lançamento de novos produtos, isso acontece porque algumas marcas não trazem soluções que, de fato, resolvam o problema de um número significativo de pessoas com seu negócio . “Isso não fica somente na esfera das startups. Grandes negócios sofrem do mesmo mal. É preciso fazer um estudo detalhado antes de lançar algo no mercado", explica.

Já de acordo com outra pesquisa, divulgada pela Harvard Business Review, 72% dos lançamentos não conseguem atingir as suas metas de negócios. “Se hoje em dia está cada vez mais fácil lançar um site, trabalhar o marketing digital, desenvolver um aplicativo e até mesmo abrir um CNPJ, qual a razão para que poucas iniciativas deem certo? O segredo está no planejamento”, reforça o empresário. Pensando nisso, o especialista listou quatro perguntas que devem ser feitas antes de abrir uma empresa . Confira:

1) Minha ideia vale a pena?

Esta é a primeira pergunta que o empreendedor deve se fazer. Antes de colocar a mão na massa, dê um passo atrás e entenda como seu público resolve seus problemas hoje. É uma etapa interessante para analisar se a dificuldade é grave o bastante a ponto de pessoas pagarem por uma solução.

Leia também: Aplicativo permite pagamento de aluguel com bitcoin

Segmente muito bem o grupo que quer atingir e entreviste cerca de 20 pessoas. Não peça apenas dados demográficos, como idade, profissão e renda. O mais importante aqui é descobrir quais são as tarefas que seu cliente realiza para chegar de A até B.

2) Tenho o protótipo e os feedbacks necessários?

A ideia na segunda etapa do processo é definir o que será construído na primeira versão do seu lançamento. Elabore uma prévia da sua solução e volte aos entrevistados. O importante é não desperdiçar recursos e nem se apegar tanto à ideia nesta fase. Entenda como eles reagem e descubra o quanto estão dispostos a pagar por uma solução como esta. Se preciso, modifique seu protótipo quando já estiver com um feedback significativo.

3) Sei qual é o melhor canal de vendas?

Teste os canais de marketing e vendas. Como o produto será oferecido ao mercado? Qual será o custo desta demanda? Este é o momento de testar qual canal trará os clientes certos. É um bom momento para validar posicionamento e preço, mesmo com a solução ainda em fase de desenvolvimento. Para passar desta fase, é importante que o seu time tenha uma estimativa de qual será o custo de aquisição de novos leads.

Leia também: Brasil bate recorde com 1,5 mi de novos MEIs até outubro, diz Serasa Experian

Agora foque nas vendas, mas não esqueça do cliente

Ao final das três etapas citadas, o seu time já terá uma ideia madura do que deve ser construído, de quanto cobrar pelo produto e quais serão os custos do seu negócio. Não existe fórmula para o sucesso, mas, com disciplina e foco no cliente, é possível aumentar significativamente as chances de sucesso de um lançamento e fugir das estatísticas negativas que assombram o mercado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.