Tamanho do texto

Estimativa é que as vendas online de passagens rodoviárias venham a representar 50% no setor em 10 anos; compras pelo celular despontam; veja

Compra de passagens rodoviárias tem alta de 6% este ano, o que representa alta de 1 ponto percentual na comparação com igual período de 2016.
shutterstock
Compra de passagens rodoviárias tem alta de 6% este ano, o que representa alta de 1 ponto percentual na comparação com igual período de 2016.


Estudo E-Rodoviário feito pela ClickBus – e-commerce de passagens de ônibus – apontou alta de 1 ponto percentual na procura por passagens rodoviárias em 2017 na comparação com igual período deste ano. Foi identificado que a participação de venda de passagens de ônibus foi de 6% ao longo deste ano. A alta reforça o potencial do setor, sendo que a estimativa é de movimentação superior a R$ 916 milhões neste ano, com 9,7 milhões de passagens comercializadas em 12 meses.

Leia também: Cerca de 69% dos consumidores sofrem de ansiedade por conta de inadimplência

Segundo a empresa, os dados apurados no estudo indicam a evolução do e-commerce de passagens rodoviárias pode ser impulsionada com a Resolução 5.396 da Agência Nacional de Transportes Terrestres ( ANTT ), medida essa que flexibiliza as regras para a prática de tarifa promocional no setor de transporte rodoviário.

A ClickBus , com o apoio da consultoria estratégica Roland Berger, identificou que a resolução da agência reguladora será fator determinante para o aumento da competitividade do setor de transporte rodoviário. A estimativa indica que essas mudanças regulatórias propostas pela ANTT devem surtir efeito parecido ao ocorrido em 2000 no setor aéreo, quando o número de passageiros cresceu 2,5 vezes.

"Incentivos, conexões e outras práticas já comuns em outros setores de turismo e no e-commerce já foram trazidas para o setor rodoviário. Agora, com a nova regulamentação, o "yield management" também poderá ser aplicado. Isso significa que as empresas de ônibus poderão oferecer passagens com descontos sem ter que passar pela aprovação da ANTT. Antes a comparação de preços para economizar na viagem não era tão necessária, mas agora o passageiro rodoviário já consegue perceber uma diferença de preços na compra antecipada", afirmou o CEO da ClickBus, Fernando Prado.

Outros dados

No primeiro semestre deste ano, o estudo E-Rodoviário identificou algumas mudanças no comportamento de compra do consumidor . Foi identificado que 32% das compras de passagens de ônibus foram efetuadas pelo celular, o que representa alta de 40% na comparação com o igual período do ano anterior, quando foi registrado 23% das compras via mobile .

"O setor rodoviário é o modal de transporte pago mais democrático do Brasil. Além de entregar a maior capilaridade e o melhor preço, oferece viagens muito mais confortáveis. Por ano, 160 milhões de brasileiros embarcam em viagens rodoviárias em ônibus de mais de 190 empresas, chegando a mais de 4.600 destinos”, enfatizou Prado. O empresário ressaltou que a compra de passagens rodoviárias via internet no País ainda é pequena, sendo que a estimativa é que essa porcentagem chegue a 50% em 10 anos.

Leia também: Caoa compra 50% da operação brasileira da Chery por R$ 60 milhões

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.