Tamanho do texto

O presidente da rede de varejo, Flávio Rocha, celebrou a conquista com um vídeo postado em seu Instagram, que mostra os bastidores da inauguração

Brasil Econômico

O presidente da Riachuelo, Flávio Rocha, escolheu a cidade em que a empresa foi fundada para inaugurar a 300ª lojas
Divulgação
O presidente da Riachuelo, Flávio Rocha, escolheu a cidade em que a empresa foi fundada para inaugurar a 300ª lojas

A Riachuelo, rede varejista pertencente ao Grupo Guararapes, inaugurou no sábado (28) a loja de número 300. Os consumidores fizeram fila para poder participar da inauguração do novo ponto de venda da rede, localizado no Partage Norte Shopping, na zonal norte de Natal, Rio Grande do Norte.

Leia mais: Negócios: mercado de tatuagem vai além da arte e cresce durante a crise

O CEO da Riachuelo , Flávio Rocha, celebrou a nova unidade com um post em seu perfil do Instagram, além de publicar um vídeo mostrando como foi o primeiro dia de operação da nova unidade. O empresário, em nota, afirmou que houve planejamento para que 300ª loja fosse estruturada para a cidade em que a marca foi fundada, isso, há 70 anos. "É com muito orgulho que nos programamos para inaugurar a loja de número 300 em Natal, onde fica o coração da Riachuelo. É a nossa forma de agradecer por tudo o que o Estado nos proporcionou, desde que iniciamos a nossa história, com um pequeno bazar", disse.




A loja conta com mais de dois mil metros de área de venda e além de roupas e acessórios, tem um setor dedicado a produtos para casa e para a venda de produtos de beleza, uma das iniciativas mais recentes da rede varejista e que reforça o posicionamento da marca como uma loja de departamento.

A venda de artigos de beleza e perfumaria foi agradada à operação da varejista em maio deste ano. A iniciativa consumiu investimento na ordem de R$ 40 milhões e foi bem recebida pelos consumidores fieis a marca.  A empresa estima que os espaços de vendas de artigos de beleza e perfumaria representem, um dia, 5% do volume de vendas em cada loja da rede, conforme expectativa mencionada no lançamento do projeto, no primeiro semestre deste ano.

Leia também: Setor de franquias aumenta faturamento e aposta em cidades do interior

História

Engana-se quem pensa que a Riachuelo sempre teve esse nome. Em 1947, quando Nevaldo Rocha (o fundador da marca) abriu a porta do seu primeiro empreendimento no ramo da moda, o nome era " A Capital ", operação essa que foi aberta em Natal , no Rio Grande do Norte.

A demanda de consumo crescente e a necessidade de repor estoque de forma rápida fez com que o empresário, após quatro meses de loja aberta, investisse em uma pequena confecção, que foi instalada em Recife. Na região, o empresário e seu irmão Newton Rocha , aproveitando a lucratividade da confecção passaram a adquirir pequenas lojas de bairro e foi assim que surgiu a marca Guararapes , operação integrada de confecção e venda de moda.

De Recife a fábrica passou para a cidade de Natal, local em que até hoje é mantida a sede da empresa. Natal abriga ainda um gigantesco Centro de Distribuição (CD) que atende toda a região Nordeste. Investimentos em tecnologia, na melhoria dos canais de venda (a marca entrou para o e-commerce no ano passado) e na produção das peças que serão comercializadas,  faz com que a Riachuelo seja considerada uma das maiores redes de varejo brasileira nos dias atuais. 

Leia também: Rumores dizem que a Amazon aceitará Bitcoin como forma de pagamento

    Leia tudo sobre: Empreendedorismo