Brasil Econômico

Brasil Econômico

De acordo com a Federação Nacional do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio RJ) e Instituto Ipsos, o Dia das Crianças deve movimentar cerca de R$ 8,8 bilhões no varejo nacional, com expectativa de alta de 7% em relação ao mesmo período de 2016.

Leia também: IBGE: vendas do varejo registram queda de 0,5% no mês de agosto

undefined
shutterstock
Dia das Crianças: É somente no pós-venda que os laços entre você – varejista – e cliente começam a se estreitar

E nessas ocasiões, em que o consumidor está disposto a comprar, os comerciantes devem aproveitar para agradar e fidelizar seus clientes. Pensando nisso, a plataforma de sistemas para a gestão de relacionamento com o cliente, Octadesk listou algumas dicas para o empresário impulsionar as vendas no Dia das Crianças :

1. Faça promoções e dê brindes personalizados

Mesmo que a sua loja não seja voltada ao público infantil, é possível aproveitar o momento para aumentar a receita conquistando os pais que estão à procura de algo para as crianças. Com isso, uma boa dica é fazer parcerias com lojas de brinquedo ou doces.

2. Invista em atendimento em tempo real

De acordo com a empresa, é importante garantir que os clientes sejam atendidos em dispositivos mobile e por chats em tempo real. A companhia avalia que essa é uma forma de compra que vem aumentando ano após ano e, nesse caso, investir nessas plataformas é um diferencial.

Leia também: Dia das Crianças: Como equilibrar os desejos delas com o nosso orçamento?

3. Demonstre boa vontade

Todo cliente importa. Com essa máxima, batalhe pela confiança dos seus consumidores sempre com empatia e boa vontade, assim eles terão mais paciência de esperar pelas soluções, quando algum erro ocorrer.

4. Invista em personalização

Encare cada cliente como único, oferecendo vantagens exclusivas . Essa postura contribui muito para que alguém recomende o seu varejo. Essa sensação de exclusividade atrai muita gente.

Leia também: Consumidores têm poupado mais pensando no futuro dos filhos, diz pesquisa

5. Lembre-se do pós-venda

É somente no pós-venda que os laços entre você – varejista – e cliente começam a se estreitar. De acordo com a empresa, o pós-venda não consiste em apenas ligar incansavelmente para o cliente, há a hora certa para isso e um motivo conveniente para fazer a ação. Espere alguns dias ou semanas após o Dia das Crianças, e ligue para saber se o cliente foi bem atendido, se o produto atendeu às expectativas e ofereça vantagens exclusivas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários