Brasil Econômico

Brasil Econômico

undefined
shutterstock
Imóveis: veja o ranking dos bairros mais valorizados e caros de São Paulo

A plataforma de imóveis VivaReal divulgou nesta sexta-feira (6) informações referentes ao levantamento Dados do Mercado Imobiliário (DMI). O estudo mostrou que no terceiro trimestre do ano, o preço médio do m² para a venda em São Paulo apresentou uma valorização de 0,3%, alcançando os R$ 6.875, frente aos R$ 6.857 do trimestre anterior. Se comparado a igual semestre do ano anterior, quando ficou em R$ 6.829, houve aumento de 0,7%.

Leia também: Imóvel: veja como proceder em caso de distrato contratual

Vale ressaltar que o DMI abrange uma amostra de 30 cidades em diferentes regiões brasileiras, considerando mais de 2 milhões de imóveis usados disponíveis para alugar ou comprar. Em comparação ao ano passado, todas as regiões de São Paulo apresentaram valorização no preço médio do m² de venda no terceiro trimestre deste ano.

No Centro de São Paulo, houve variação nominal de 0,7% na passagem do terceiro trimestre de 2016, para 2017, ao passar de R$ 8.689 para R$ 8.750, assim como a zona Leste, que acresceu de R$ 5.238 para R$ 5.273. A zona Norte apresentou a maior variação, com 0,9%, indo de R$ 5.500 para R$ 5.547, enquanto as zonas Oeste e Sul variaram 0,7% na mesma base comparativa, passando de respectivamente, R$ 8.025 e R$ 7.828 para R$ 8.085 e R$ 7.884.

Bairros

Os seguintes bairros foram apontados como os mais valorizados, em relação ao m² para venda no terceiro trimestre deste ano:

  • Jardim Morumbi, zona Oeste, ao passar de R$ 6.022 para R$ 7.438, com variação nominal de 23,5%;
  • Jardim Nossa Senhora do Carmo, zona Leste, indo de R$ 3.438 para R$ 4.200, com 22,2%;
  • Parque dos Príncipes, zona Oeste, de R$ 4.444 para R$ 5.410, com 21,7%;
  • Parque Císper, zona Leste, de R$ 3.700 para R$ 4.276, com 15,6%;
  • Vila Paulista, zona Sul, de R$ 5.180 para R$ 5.833, com 12,6%;
  • Vila Deodoro, zona Sul, de R$ 6.000 para R$ 6.750, com 12,5%;
  • Vila Paranaguá, zona Leste, de R$ 3.714 para R$ 4.133, com 11,3%;
  • Jardim das Acácias, zona Sul, de R$ 8.553 para R$ 9.423, com 10,2%;
  • Vila Pereira Barreto, zona Oeste, de R$ 5.242 para R$ 5.711, com 10,1%
  • Bortolândia, zona Norte, de R$ 3.759 para R$ 4.135, com 10%.

Por outro lado, Jardim Umuarama, Jardim Matarazzo, Cidade Vargas, Jardim Tietê, Cidade dos Bandeirantes, Jardim Clímax, Vila Esperança, Perus, Parque Imperial e Vila Invernada fazem parte dos bairros com maior desvalorização para venda.

Custo e demanda

Segundo o estudo, no terceiro trimestre deste ano, em faixa de preço, aproximadamente 34,74% das buscas foram por locais de R$ 171 a R$ 350 mil. Em relação à oferta, a taxa ficou em 16,92%. Já para os de R$ 501 a R$ 1 milhão houve uma procura de R$ 25,10% e oferta de R$ 35,28%. Os acima de R$ 1 milhão representam 14,48% das buscas e 28,51% das ofertas.

No mesmo período, a demanda por imóvel de 51 a 100 m² deteve 48,82% das buscas, enquanto a oferta foi de 41,05%. Já as residências de até 50 m² contabilizam 13,33% da oferta relativa e 28,80% da procura dos consumidores. No que diz respeito ao número de dormitórios, 45,38% estimam dois dormitórios e 28,69% desejam três quartos, com ofertas de 33,67% e 41,89%, respectivamente.

Confira abaixo o ranking de bairros mais procurados da capital paulista para a venda:

  1. Vila Mariana - zona Sul
  2. Tatuapé - zona Leste
  3. Mooca - zona Leste
  4. Ipiranga zona Sul
  5. Moema - zona Sul
  6. Vila Prudente - zona Leste
  7. Pinheiros - zona Oeste
  8. Santana - zona Norte
  9. Bela Vista - Centro
  10. Perdizes - zona Oeste

Leia também: Finanças pessoais: 3 erros horríveis que você não pode cometer com seu dinheiro

Bairros mais caros da capital paulista para venda no terceiro trimestre deste ano:

  1. Vila Nova Conceição - R$ 16.478/m²
  2. Jardim Europa - R$ 15.652/m²
  3. Jardim Luzitânia - R$ 13.636/m²
  4. Jardim Paulistano - R$ 12.857/m²
  5. Itaim Bibi -R$ 12.143/m²
  6. Jardim América - R$ 11.843/m²
  7. Vila Olímpia - R$ 11.538/m²
  8. Vila Gertrudes - R$ 11.139/m²
  9. Vila Uberabinha - R$ 11.048/m²
  10. Cidade Monções - R$ 11.029/m²

Aluguel

O levantamento ainda evidenciou as principais cidades brasileiras, entre as 16 avaliadas, que estão com o valor do m² para aluguel acima da média nacional de R$ 22,31/m². São Paulo está no topo do ranking, uma vez que atingiu R$ 34,16/m². Brasília aparece em seguida, com R$ 31,65/m², assim como Rio de Janeiro, com R$ 30,21/m², Santos, com R$ 28,89/m² e Recife, com R$ 24,63/m².

Já os imóveis com valores abaixo da média nacional foram detectados em Salvador, com R$ 22,01/m²; Florianópolis, com R$ 21,05/m²; Porto Alegre, com R$ 20/m²; Campinas, com R$ 18,60/m²; Natal, com R$ 17,54/m²; Vitória, com R$ 16,67/m²; Belo Horizonte, com R$ 16/m²; Ribeirão Preto, com R$ 15,79/m²; Curitiba, com R$ 15,29/m²; Goiânia, com R$ 13,79/m² e Fortaleza, com R$ 12,80/m².

Leia também: Confira sete passos para acabar com as dívidas e manter as contas em ordem

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários